PROVENTOS

Patrocinado por:

PIB do Brasil deve cair 0,7% em 2020, aponta S&P

PIB do Brasil deve cair 0,7% em 2020, aponta S&P
O IIF estimou nessa quinta que a recessão mundial deverá ser de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB) nesse ano.

A agência de classificação de risco S&P Global Ratings informou nesta segunda-feira (30) que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deverá cair 0,7% em 2020. A queda foi motivada pelos impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Em contrapartida a retração neste ano, a S&P prevê um avanço de 2,9% da economia brasileira em 2021. Já para 2022, a projeção é que o PIB do País cresça 2,5%.

Além disso, a agência manteve o rating soberano do Brasil em “-BB”, com perspectiva positiva. A nota indica que o País está três classificações abaixo do grau de investimento, quando é considerado um bom pagador.

Bolsa em queda livre!? Aproveita as maiores oportunidades da bolsa brasileira com nosso acesso Suno Premium

“Todas as principais economias emergentes que cobrimos entrarão em recessão ou sofrerão um crescimento acentuadamente menor em 2020. Acreditamos que o estresse pode se tornar mais significativo nas próximas semanas, uma vez que a maioria dos emergentes está apenas começando a mostrar uma escalada nos casos de covid-19”, diz o relatório divulgado pela agência.

De acordo com a empresa, as medidas adotadas pelos países para conter os impactos do coronavírus poderão determinar a velocidade da recuperação da economia global.

“A força de uma eventual recuperação dependerá essencialmente de medidas políticas para amortecer o golpe e limitar o deslocamento econômico”, reiterou a S&P.

Boletim Focus também prevê retração do PIB

Os especialistas do mercado financeiro, responsáveis pela elaboração do Boletim Focus, cortaram a previsão do PIB de 2020 novamente. Na divulgação desta segunda-feira, a estimativa é de uma recessão de 0,48% na economia brasileira. Esta é a primeira vez que os analistas esperam queda neste ano.

Saiba mais: Boletim Focus prevê queda de 0,48% no PIB de 2020

Na primeira leitura do Boletim Focus deste ano, os economistas previam um crescimento de 2,30% da economia. Devido aos impactos econômicos da pandemia do coronavírus, essa é a sétima semana consecutiva em que a previsão da atividade econômica brasileira é reduzida.

Além disso, para o ano que vem, os especialistas do mercado estimam que o PIB irá crescer 2,50%, um pouco abaixo da projeção da S&P.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião