Petrobras (PETR4) ou petroleiras júniores: qual é a melhor para investir agora?

Relatório da XP, denominado “Óleo e Gás, O que aconteceu no último trimestre? Resumo dos resultados do 2T23”, destacou os principais resultados do 2º trimestre de 2023 para as companhias do setor de óleo e gás, como a Petrobras (PETR4).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

A XP viu outro forte desempenho financeiro alcançado pela Petrobras, apesar de números mais fracos, tanto na comparação anual quanto trimestral.

O Ebtida ajustado da Petrobras foi 2% inferior às expectativas da XP, além de 9% abaixo do consenso de mercado.

Apesar disso, o FCO (Fluxo de caixa operacional) menos CAPEX da petroleira superou as expectativas, com distribuição de dividendos que ultrapassou o projetado.

Petrobras (PETR4) ou petroleiras juniores? Qual a preferência da XP?

Segundo a XP, apesar dos resultados da Petrobras terem sido “ofuscados” por outras questões operacionais, a estatal ainda é uma “sólida empresa geradora de fluxo de caixa, com pagamento saudável de dividendos”.

Por outro lado, os analistas da XP dizem que as petroleiras júniores estão à frente na preferência da casa, sobretudo em razão de suas projeções de crescimento e também pela rentabilidade do FCF (fluxo de caixa livre).

Durante uma rodada com o CFO da empresa, a XP recebeu algumas informações importantes sobre as perspectivas sobre a Petrobras daqui para frente.

Nesse sentido, o pagamento de dividendos extraordinários da Petrobras para o terceiro trimestre de 2023 (3T23) se tornou algo “improvável”, mas “possível” para o trimestre seguinte, dependendo de decisão governamental.

A Petrobras deve buscar novos investimentos no Brasil e no mercado internacional. Por outro lado, não há expectativas de que o capex de PE aumente de forma substancial na comparação com 2022.

Como foram os resultados das empresas de óleo e gás no 2T23?

Além da Petrobras, o relatório da XP, assinado Andre Vidal, Head Óleo, Gás e Petroquímicos, e Helena Kelm, Analista de Óleo, Gás e Petroquímicos, também analisou os resultados da 3R Petroleum (RRRP3), que superaram as expectativas da casa.

Já em relação a PRIO (PRIO3), PetroRecôncavo (RECV3) e Cosan (CSAN3), os resultados ficaram em linha com as estimativas da XP.

“Os resultados da Petrobras, por sua vez, foram ofuscados por anúncios posteriores, como o programa de recompra de ações e o posterior anúncio de aumentos de combustível, enquanto a Cosan descartou qualquer oferta de ações para seus negócios em 2023”, concluiu a XP. Mas a principal empresa do petróleo do país segue na preferência dos analistas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião