Balanços da semana

Investidores perdem todo o dinheiro aplicado em fundo do Pátria Investimentos

Nesta semana, o Pátria Investimentos, gestor de recursos com ativos no valor de R$ 135 bilhões, gerou grande repercussão no mercado financeiro ao anunciar que os investidores perderam todo o dinheiro aplicado em um de seus fundos de investimento.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

O fundo em questão é o Pátria Special Opportunities II Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, que tinha como foco os investimentos em shopping centers.

A holding Pátria Investimentos tem sede nas Ilhas Cayman e está listada na bolsa de valores de Nova York (NYSE) com o ticker PAX. O papel fechou nesta sexta-feira (28) negociado a US$ 15,33, acumulando uma queda de 2,17% desde o início desta semana.

De acordo com um comunicado oficial divulgado na segunda-feira (24), a gestora revelou que o valor da cota desse fundo de investimento sofreu uma queda drástica, passando de R$ 10,55 para R$ 301,04 negativos no dia 19 de julho.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/Ebook-Fundos-Imobiliarios-Desktop.jpg

Isso significa que os investidores do Pátria não apenas perderam o dinheiro que haviam aplicado inicialmente, mas também tiveram suas cotas avaliadas em valor negativo.

A explicação fornecida pelo Pátria Investimentos para essa perda significativa foi que houve um “ajuste” no valor da cota do fundo devido ao “desinvestimento integral da Portfolio Centro Sul S.A.”, uma empresa do setor de shopping centers na qual o fundo tinha realizado investimentos anteriormente.

Em outras palavras, o fundo tinha investido em participações da Portfolio Centro Sul S.A., mas o valor desses investimentos acabou sendo considerado perdido ou inexistente, resultando em um impacto negativo drástico no valor das cotas do fundo.

Segundo a gestora, o prejuízo foi realizado após a venda da participação na Portfolio. A operação envolveu a venda de quatro shoppings detidos pela Portfolio, localizados em Taubaté (SP), Lages (SC), Varginha (MG) e Bragança Paulista (SP), informou o Pátria.

De acordo com a gestora, a transação foi realizada na modalidade “porteira fechada”, com a transferência de todos os ativos, passivos e obrigações da holding e de seus shoppings.

Para os investidores menos experientes é essencial ter ciência dos riscos envolvidos em qualquer investimento, buscar diversificação de suas aplicações e procurar orientação de profissionais financeiros qualificados antes de tomar decisões de investimento.

O Pátria Investimentos diz que o comprador dos ativos, que não teve o nome revelado, tem expertise em reestruturação de negócios e empresas do setor imobiliário.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Allan Ravagnani

Compartilhe sua opinião