Em meio a polêmica executiva, Pátria eleva posição na Qualicorp (QUAL3) para 10,54%

Em meio a polêmica executiva, Pátria eleva posição na Qualicorp (QUAL3) para 10,54%
Pátria Investimentos aumenta participação na Qualicorp para 10,54%

A Qualicorp (QUAL3) comunicou ao mercado nesta quarta-feira (2) o recebimento, nesta mesma data, de que o Pátria Investimentos elevou sua participação acionária na empresa para 10,54%.

Enquanto o mercado está atento aos movimentos executivos dentro da Qualicorp, fundos geridos pelo Pátria adquiriram ações ordinárias da companhia e passaram a deter, de forma agregada, 29,939200 milhões de papéis de emissão da empresa de planos de saúde.

A gestora informou, em correspondência à Qualicorp, anexada ao documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que tais investimentos realizados pelos fundos Pátria PE e Pátria PIPE integram sua intenção de contribuir crescentemente para a governança da Qualicorp, embora não haja uma participação-alvo específica.

“A participação ora atingida não altera, contudo, a estrutura administrativa ou o bloco de acionistas relevantes da Qualicorp”, acrescentou o Pátria.

A gestora ainda ressaltou que, apesar da gestão sobre os fundos ser discricionária, cada fundo representa o interesse de seus respectivos investidores e há certos temas relevantes que requerem deliberação ou aprovação de investidores.

Nesse sentido, o comunicado não significa qualquer indicação de que os fundos “se qualificam como ‘pessoas vinculadas” ou “representando o mesmo interesse'”.

Qualicorp encerra relações societárias com fundador

Na última terça-feira (1), a Qualicorp informou que encerrou suas relações societárias com José Seripieri Filho, que fundou a companhia em 1997 e que a presidia até o fim do ano passado.

O anúncio acontece logo após Seripieri assinar junto à Procuradoria Geral da República (PGR) um acordo de delação premiada, conforme noticiado pela coluna de Bela Megale, no jornal O Globo.

O acordo, por sua vez, vem após a Justiça Eleitoral determinar, em julho, a prisão do empresário em uma operação da Polícia Federal sobre supostos crimes de caixa dois na campanha de José Serra (PSDB) ao Senado em 2014. Seripieri ficou preso por quatro dias e decidiu assinar com a PGR, segundo a coluna.

As ações da Qualicorp encerraram o pregão desta quarta-feira em alta de 1,96%, cotadas a R$ 33,83. O Ibovespa, índice de referência da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), avançou de 0,43%, a 111.878,531 pontos.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião