Balanços da semana

Como e no que investir pensando na compra de um carro popular 0km?

Com o encarecimento dos carros conhecidos como “populares”, ficou cada vez mais difícil para os brasileiros adquirem um novo veículo. Entre os mais vendidos no Brasil, o carro mais barato é o Fiat Mobi, com sua versão 0km de entrada custando a partir de R$ 68.999.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Pelos preços mais elevados, o desejo de comprar um carro deve estar na lista de metas a serem alcançadas de um planejamento financeiro pessoal. Mas afinal como investir pensando na compra de um carro zero popular?

Onde investir para comprar um carro?

Os investimentos possuem duas categorias principais: renda fixa e renda variável. Caso o investidor opte pela renda fixa, os vencimentos dos títulos adquiridos devem ser observados com atenção, já que alguns deles são de longo prazo, como o novo Tesouro IPCA+ 2045.

Caso haja uma venda antecipada do título investido, ou seja, antes do encerramento do seu prazo de vencimento, é possível que o investidor tenha um rendimento inferior ao que se pretendia.

Dentro na própria renda fixa, existem diversos tipos de investimento que podem ser escolhidos pensando na compra de um carro, como títulos públicos, Certificados de depósito bancário (CDBs) e até mesmo a poupança, em que cada um deles oferece um tipo de risco distinto, assim como uma rentabilidade própria associada a esse risco.

A poupança chama a atenção por sua segurança, mas o seu retorno pode não ser tão interessante quando comparada a outras opções seguras dentro da renda fixa, como os títulos públicos, cujo emissor é a Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, órgão associado ao governo federal. Um exemplo de título público é o Tesouro Selic, que possui liquidez diária.

Considerando a aplicação em Tesouro Selic, poupança e em um CDB com rendimento de 110% do CDI, o valor necessário para investir mensalmente durante 5 anos para comprar um Fiat Mobi de R$ 68.999 seria:

  • Tesouro Selic – R$ 181
  • Poupança – R$ 337
  • CDB de 110% do CDI – R$ 138

Para o cálculo, foi considerado o rendimento acumulado da poupança nos últimos 12 meses de 8,38%, um retorno líquido de Imposto de Renda de 11,02% para o Tesouro Selic, e um ganho líquido de 12,12% no caso do CDB.

É importante que o investidor conheça e análise qual veículo de investimento se encaixa melhor ao seu perfil, antes mesmo de investir para comprar um carro.

Quais são os cuidados na hora de investir pensando na compra de um veículo?

Assim como qualquer objetivo financeiro a ser realizado, o primeiro passo necessário para comprar um carro novo é adquirir o hábito de poupar e se planejar financeiramente, cortando gastos desnecessários e revendo seu orçamento pessoal.

Os cálculos da sócia da HCI Invest e Planejadora Financeira CFP da Planejar, Wanessa Guimarães, apontam que o tempo necessário para a compra de um Fiat Mobi na versão de entrada, por exemplo, seria de aproximadamente 5 anos e 2 meses para quem recebe até 3 salários mínimos.

Esse cálculo leva em conta uma reserva de 20% da renda todo mês, com dinheiro sendo investido em ativos que tenham o rendimento da Selic, que atualmente está em 13,75% ao ano.

Nesse caso, é importante que o investidor tenha cuidado na hora de investir em ativos de alto risco e que não estejam adequados ao seu perfil de investidor. Além disso, planejar o período que se pretende adquirir o novo carro também é muito importante.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião