Oi (OIBR3), Weg (WEGE3) e Cielo (CIEL3) são destaques

Oi (OIBR3), Weg (WEGE3) e Cielo (CIEL3) são destaques
Oi (OIBR3). Foto: Divulgação

Nos destaques de empresas desta terça-feira (14) chama a atenção do mercado a Oi (OIBR3) com o investimento de R$ 2,2 bilhões do GIC, fundo soberano de Singapura, no fundo que controla a V.tal.

Além da Oi, está também entre os destaques a Weg (WEGE3) que comprou a Balteau, empresa de transformadores para instrumentos e conjuntos de medição, o valor da operação não foi informado. Já a Cielo (CIEL3) cedeu direitos de softwares à Bitz, carteira digital, por R$ 21,9 milhões.

Já a Kora Saúde (KRSA3) acionou lote suplementar na sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) e somou mais R$ 104,9 milhões à arrecadação de R$ 769,9 milhões do IPO.

Veja os destaques de empresas desta terça-feira:

Oi

O GIC, fundo soberano de Singapura, acertou um investimento de R$ 2,2 bilhões no fundo que controla a V.tal, marca da Oi  que conta com os ativos de fibra ótica da empresa de telecomunicações. A informação é do Brazil Journal.

Em julho, a Oi vendeu 58% do capital da V.tal, conhecida como InfraCo, ao fundo estruturado pelo BTG Pactual (BPAC11) por R$ 12,8 bilhões. A operação avaliou a empresa em R$ 20 bilhões.

Segundo o Brazil Journal, além do investimento do GIC, o fundo levantou R$ 4 bilhões de pessoas físicas clientes da área de wealth do BTG.

Weg

A multinacional brasileira Weg assinou contrato para adquirir 100% da Balteau Produtos Elétricos, empresa de transformadores para instrumentos e conjuntos de medição, localizada em Itajubá, no Estado de Minas Gerais. A companhia não informou o valor da transação.

Em comunicado ao mercado divulgado nesta terça, a Weg informa que a Balteau dispõe de um parque fabril de 11.800 m² de área construída e conta com equipamentos e instalações de última geração.

Cielo

A Cielo cedeu os direitos relacionados à plataforma de operação do aplicativo de carteira digital Bitz à Bitz Serviços Financeiros, empresa pertencente ao grupo Bradesco.

No final do ano passado, o banco Bradesco criou a carteira digital Bitz, com a Cielo prestando o serviço de tecnologia para o novo produto. Agora, a empresa de maquininhas informa ao mercado que os softwares, que vinham sendo utilizados sob licenciamento, serão transferidos à Bitz em caráter definitivo, com todos os seus direitos de uso. Para obter a propriedade do softwares, a Bitz pagará R$ 21,9 milhões.

Kora Saúde

A Kora Saúde acionou lote suplementar na sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), em 10 de agosto, e acrescentou 14.583.333 de ações ordinárias à oferta. Com isso, a companhia somou mais R$ 104,9 milhões à arrecadação de R$ 769,9 milhões do IPO.

Diante do lote suplementar, o Conselho de Administração da Kora Saúde aprovou o aumento de capital social da companhia para R$ 337,8 milhões.

Os destaques de empresas do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Oi que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se