Oi (OIBR3) aprova novo plano de recuperação judicial em assembleia de credores

Após adiamentos e reformulações, enfim a Oi (OIBR3) conseguiu aprovar o novo plano de recuperação judicial em Assembleia Geral de Credores (AGC). O anúncio da companhia chega aos acionistas e mercado em geral nesta sexta-feira (19).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Presentes na AGC, estavam os credores da companhia e suas subsidiárias “recuperandas”, a Portugal Telecom International e a Oi Brasil Holdings Coöperatief, ambas em recuperação judicial.

“O plano aprovado visa assegurar a viabilidade operacional e a sustentabilidade às recuperandas, com vistas à superação de sua atual situação econômico-financeira e à continuidade de suas atividades”, afirma o documento divulgado pela Oi.

O novo plano de recuperação judicial da Oi será submetido à homologação do Juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca na capital do Estado do Rio de Janeiro, nos termos da lei.

A decisão positiva, entretanto, não surpreende alguns analistas. Segundo Leandro Botelho, sócio da Ipê Avaliações, quando a AGC ocorre, os detalhes do plano já foram definidos e negociados com os credores para aumentar a chance de aprovação.

Sobre os quatro adiamentos na AGC e a dificuldade da companhia de apresentar o plano final de RJ, o especialista explica que a captação de mais recursos é um dos pontos mais delicados para os credores.

“A Oi possui uma necessidade muito grande de liquidez para dar continuidade às suas operações então é esperado que esse problema seja tratado dentro do plano e, como envolve a captação de novos recursos, acaba por ser um tema espinhoso junto aos credores e demandando maior discussão,” diz Botelho.

Mais detalhes da RJ

Além disso, para os acionistas interessas, a ata da Assembleia da Oi também deverá ser disponibilizada pela Administração Judicial Conjunta e a íntegra do Plano aprovado ficarão à disposição dos acionistas e credores nos websites oficial de Relações com Investidores e a plataforma oficial de recuperações judiciais (www.oi.com.br/ri e https://recjud.com.br, respectivamente).

As laudas também estarão disponíveis no Sistema Empresas.NET da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) (www.cvm.gov.br).

A companhia de serviços de telecomunicação se compromete a manter seus acionistas e o mercado informados sobre o desenvolvimento dos assuntos em torno da RJ.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Ações da Oi (OIBR3) hoje

Nesta quinta-feira (17), os papéis da Oi sofreram leve alteração, chegando a subir 4,4% em meio ao desenrolar da Assembleia. As ações OIBR3 fecharam o pregão negociadas a R$ 0,71.

Cotação oibr3

Gráfico gerado em: 19/04/2024
6 Meses

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Camila Paim

Compartilhe sua opinião