Oi (OIBR3): ações caem 27% com imbróglio jurídico e assembleia para mudar tudo

As ações da Oi (OIBR3) registram quedas superiores a 27% durante o pregão desta quinta (2). Nas últimas horas, a companhia telefônica protagonizou duas bombas corporativas: um pedido de proteção jurídica contra credores e a convocação de uma assembleia que pode destituir o Conselho de Administração da empresa.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Por volta das 13h do Ibovespa hoje, as ações OIBR3 operavam em queda de 26%, ao preço de R$ 1,74.

Segundo o Status Invest, os papéis OIBR3 fecharam o pregão de quarta (1º) em R$ 2,36. De segunda (30/1) até quarta, as ações da Oi cresceram 12,92%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Oi: O que está acontecendo?

Porém, nas últimas 24 horas, as boas novas que a Oi vinha conquistando foram por água abaixo. A primeira bomba saiu ainda na noite de quarta, quando a empresa pediu uma proteção contra credores como bancos e donos de títulos.

A medida ocorre cerca de 45 dias após o término da recuperação judicial da Oi e indica que a companhia pode pedir uma nova recuperação judicial. Atualmente, a empresa tem dívidas de cerca de R$ 29 bilhões.

Segundo informações divulgadas pelo jornal Valor Econômico e pela agência Reuters, o pedido de proteção contra credores da Oi foi feito porque a empresa disse que não conseguiu chegar a um acordo para quitar as dívidas.

No domingo (5), a empresa precisar quitar R$ 600 milhões a detentores de títulos. Esse pedido da Oi é similar ao que foi feito pela Americanas (AMER3) antes de a varejista entrar em recuperação judicial.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Na manhã desta quinta, a segunda bomba explodiu. A empresa de telecomunicações convocou uma assembleia geral extraordinária a pedido dos acionistas Templo Capital, Victor Adler e VIC DTVM.

Entre as pautas da assembleia, estão pedidos para a destituição do atual Conselho de Administração da Oi e a mudança no número de integrantes desta equipe do alto escalão: de sete para nove membros titulares. O encontro está marcado para 6 de março, às 14h30.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Erick Matheus Nery

Compartilhe sua opinião