Nubank anuncia Guilherme Lago como novo diretor financeiro

Nubank anuncia Guilherme Lago como novo diretor financeiro
Nubank anuncia Guilherme Lago como novo diretor financeiro

A fintech brasileira Nubank comunicou nesta quinta-feira (21) ter oficializado Guilherme Lago como diretor financeiro. Anteriormente, o cargo era ocupado por Marcelo Kopel, que pediu demissão há duas semanas.

Durante este período, Lago já ocupava interinamente o cargo de diretor financeiro do Nubank. O executivo está na fintech há dois anos, vindo do Credit Suisse. Também trabalhou na McKinsey e na gestora de private equity, Advent.

Kopel, egresso do Itaú, deixou o banco digital após pouco mais de um ano na fintech, alegando questões de saúde na família.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O novo diretor assume o cargo em meio a um crescimento do banco. Segundo a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, o Nubank passou na frente da plataforma de transporte urbano Uber e se tornou o quinto aplicativo mais popular a ocupar a tela inicial de smartphones dos brasileiros.

O banco está presente em 13% das telas iniciais nos aparelhos, indicou a pesquisa. Há um ano, a fintech aparecia apenas em 8% das telas iniciais.

Pix é alvo de um novo golpe da ‘transferência em dobro’, alerta Nubank

O banco digital Nubank alertou na última segunda-feira (18) sobre o novo golpe no Pix, sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central (BC).

De acordo com a fintech, o golpe ocorre por meio de mensagens e vídeos sobre um suposto defeito no novo sistemas de pagamento, desta forma o usuário da conta poderia receber a transferência duas vezes em sua conta.

“Na mensagem, os criminosos explicam que, para o bug funcionar, é preciso enviar dinheiro para determinadas chaves específicas – e, em seguida, eles compartilham supostos números que funcionam”, explica o banco. No entanto, as chaves são das contas dos próprios criminosos.

“Quem transfere o dinheiro para as chaves para ‘testar’ se o bug funciona está, na verdade, mandando dinheiro para os golpistas”, alerta o banco digital. “Em resumo: não existe o tal bug do Pix ou das chaves aleatórias. Os criminosos usam a chamada ‘engenharia social’, o fato de que a mensagem é chamativa e altamente compartilhável, para enganar as pessoas e receber transferências”, informou o Nubank.

Tags
Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião