URGENTE

Magnata indiano da indústria petroquímica entra para ranking de bilionários

Magnata indiano da indústria petroquímica entra para ranking de bilionários
Mukesh Ambani entrou para lista de bilionários como 11ª homem mais rico do mundo - Foto: Reprodução/World Economic Forum

O magnata indiano Mukesh Ambani acabou de entrar para o ranking de bilionários. O presidente da Reliance Industries figura agora no rol de pessoas que possuem uma fortuna maior que US$ 100 bilhões.

Ambani se junta a personalidades como Jeff Bezos e Elon Musk ao ultrapassar os US$ 100,6 bilhões em patrimônio, segundo o índice de bilionário da Bloomberg. Um quarto desse montante foi adicionado a todo o seu patrimônio líquido somente em 2021.

O magnata é conhecido por ser dono da mansão Antilia, uma propriedade de 27 andares em Mumbai que custa US$ 2 bilhões – o imóvel residencial mais caro do mundo.

Mukesh Ambani herdou os negócio de petróleo e petroquímica de seu pai, em 2005, e já detinha o título de homem mais rico da Ásia fazia alguns anos.

Atualmente os seus esforços empresariais incluem transformar a empresa de energia em uma gigante do varejo e do comércio eletrônico – e sua unidade de telecomunicação, criada em 2016, detém a maior parte do market share indiano.

Mukesh pretende investir cerca de 10% do seu patrimônio em energia verde pelos próximos três anos, segundo anúncio feito em junho deste ano.

Ainda assim, o petróleo e combustíveis fósseis são os principais produtos da empresa agora comandada por Mukesh.

Seu pai, Dhirubhai Ambani, transformou o negócio de poliéster em uma grande indústria petroquímica, depois de começar sua carreira como frentista no Iêmen.

O patriarca dos Ambani morreu em 2002 em consequência de um derrame, sem deixar testamento. Na disputa sucessória, com mediação de sua esposa, Kokilaben, foi decidido que Mukesh ficaria à frente do império em 2005.

No acordo, Mukesh assumiu o controle dos negócios principais de refino de petróleo e petroquímica, enquanto Anil, seu irmão que estava na disputa sucessória, ficou com áreas mais novas, como geração de energia, serviços financeiros e de telecomunicações.

Anil – que já foi bilionário no passado – disse a um tribunal de Londres, ainda em 2020, que seu patrimônio líquido era “zero”.

Veja o ranking de bilionários

  1. Elon Musk (Tesla) – US$ 222,1 bilhões
  2. Jeff Bezos (Amazon) – US$ 190,8 bilhões
  3. Bernard Arnault (LVMH) – US$ 155,6 bilhões
  4. Bill Gates (Microsoft) – US$ 127,9 bilhões
  5. Larry Page (Google) – US$ 124,5 bilhões
  6. Mark Zuckerberg (Facebook) – US$ 123,0 bilhões
  7. Sergey Brin (Google) – US$ 120,1 bilhões
  8. Larry Ellison (Oracle) – US$ 108,3 bilhões
  9. Steve Ballmer (Microsoft) – US$ 105,7 bilhões
  10. Warren Buffett (Berkshire Hathaway) – US$ 103,4 bilhões
  11. Mukesh Ambani (Reliance) – US$ 100,6 bilhões

Para ler mais sobre o tema e conhecer quem são os brasileiros mais próximos dessa lista e os hábitos incomuns dos bilionários, confira os Web Stories da Suno.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião