Luiza Trajano, do Magalu (MGLU3), e Vicky Safra: Veja as 10 mulheres mais ricas do Brasil, segundo a Forbes

Luiza Trajano, do Magalu (MGLU3), e Vicky Safra: Veja as 10 mulheres mais ricas do Brasil, segundo a Forbes
Empresária do Magazine Luiza lidera movimento de incentivo à vacinação - Foto: Divulgação World Economic Forum

Nesta segunda-feira (30) a revista Forbes divulgou o ranking das 10 mulheres mais ricas do Brasil.

A presença de nomes femininos na lista geral dos superricos cresceu 36% em comparação com 2020, e agora 60 mulheres estão entre as pessoas mais ricas no Brasil, cerca de 19% da lista.

A relação atual conta com nomes bastantes conhecidos, como o de Luiza Trajano, da Magazine Luiza (MGLU3). No entanto outras famosas, como as irmãs Voigt, filhas de Werner Voigt, cofundador da Weg (WEGE3), não entraram no top 10 deste ano.

Veja as 10 mulheres mais ricas do Brasil:

Vicky Sarfati Safra

Em primeiro lugar na lista de mulheres mais ricas do Brasil, de acordo com a Forbes, está Vicky Safra com uma fortuna de R$ 37 bilhões.

Com 68 anos de idade, Safra ficou viúva do banqueiro Joseph Safra ao final de dezembro do ano passado, e por isso herdou parte do patrimônio do marido.

Apesar de ter nascido na Grécia, Vicky veio para o Brasil ainda criança com a família.

Luiza Trajano é a segunda mulher mais rica do Brasil

Logo após de Vicky Safra, está Luiza Helena Tajano, com 69 anos e um patrimônio de R$ 23,5 bilhões.

A revista aponta que a maior parte da sua fortuna vem do Magazine Luiza (MGLU3), onde trabalha desde 1960 quando ajudava sua família atendendo clientes.

Dulce Pugliese Godoy Bueno

Com uma patrimônio de R$ 14,2 bilhões, Dulce Pugliese Godoi Bueno é a terceira mulher mais rica do Brasil.

Com 73 anos de idade, grande parte da sua riqueza é oriunda da rede de saúde Amil, que ela fundou em 1972 com seu ex-marido.

Flávia Bittar Garcia Faleiros está entre as mulheres mais ricas do Brasil

Além de Luiza Tajano, o Magazine Luiza também levou Flávia Bittar Garcia Faleiros ao top 5 de mulheres mais ricas do Brasil.

Com uma riqueza de R$ 11,18 bilhões, Faleiros é herdeira da participação de Wagner e Maria Trajano Garcia no Magalu, conforme aponta a Forbes.

Maria Helena Scripilliti

Aos 90 anos de idade, Maria Helena Scripilliti fica com a quinta posição do ranking, já que sua fortuna soma R$ 10,50 bilhões.

Maria Helena é filha de José Ermírio de Moraes, fundador da Votorantim. A empresa é responsável por boa parte da fortuna de Scripilliti.

Lucia Borges Maggi

Assim como Maria Helena Scripilliti , Lucia Borges Maggi também tem 90 anos de idade, mas sua fortuna é um pouco maior, de R$ 10,40 bilhões.

Maggi é controladora da companhia agrícola Amaggi, e o dinheiro acumulado vem da Sementes Maggi.

Marli Maggi Pissollo

Marli Maggi também é uma das controladores da Amaggi.

Com 67 anos, a Sementes Maggi rendeu uma riqueza de R$ 10,40 bilhões para a sexta mulher mais rica do Brasil.

Ana Lúcia de Mattos Villela

Ser uma das maiores acionistas individuais do Itaú Unibanco fez com que Ana Lúcia Villela acumulasse um patrimônio de R$ 8,50 bilhões aos 47 anos de idade.

De acordo com a Forbes, Ana e seu irmão detêm 14% da Itaúsa (ITSA4), controladora do banco Itaú (ITIUB4).

Gisele Trajano é uma das mulheres mais ricas do Brasil

Mais uma vez, o Magazine Luiza brilha na lista de superricas. Dessa vez, a gigante varejista rendeu R$ 7,20 bilhões à Gisele Trajano.

O pai de Gisele era Honofre de Paula Trajano, irmão de Luiza Trajano Donato, criadora da companhia. A participação de Gisele na gigante varejista é parte da herança de seu pai.

Camilla Godoy Bueno Grossi

Aos 42 anos de idade, Camilla Godoy acumula uma riqueza de R$ 7 bilhões, que a coloca em décimo lugar entre as mulheres mais ricas do Brasil.

Camilla é filha de Dulce — que ocupa a terceira posição entre as mulheres mais ricas do País. A fortuna de Camilla também vem de sua participação na Amil e na Dasa, herdada de seu pai, Edson de Godoy Bueno.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores FIIS

Baixar agora!