JBS lidera baixas do Ibovespa após anunciar divisão de suas operações

JBS lidera baixas do Ibovespa após anunciar divisão de suas operações
JBS (JBSS3) recompra R$ 599,7 mi em ações da empresa em janeiro

A JBS (JBSS3) apresenta uma forte desvalorização na B3 nesta segunda-feira (9). Os papéis da empresa de processamento de carnes registravam queda de 3,24% por volta das 15h40 na Bolsa de Valores de São Paulo. Dessa forma, cada título da empresa era negociado a R$ 26,56 nesta tarde.

A baixa nos papéis aconteceu após a JBS anunciar que irá dar início a um processo de reestruturação para dividir os ativos em duas empresas independentes. As informações foram publicadas pelo jornal “Valor Econômico” nesta segunda.

De acordo com a publicação, o plano será colocado em prática no início do ano que vem. A companhia irá segregar ativos de bovinos do Brasil em reestruturação. Assim, a empresa que, atualmente, possui receita líquida anual de R$ 195 bilhões será dividida em duas “empresas irmãs”.

Hoje, a JBS S/A é responsável pelos ativos. Entretanto, a nova mudança irá fazer com que somente atividades de bovinos local, couro e subprodutos fiquem no Brasil. Dessa forma, a JBS Global ficará com o controle das atividades internacionais, além da Seara que engloba as operações de aves, suínos e alimentos processados no Brasil.

Veja também: JBS nega motivação em vantagens fiscais em possível listagem nos EUA

Na última semana, a empresa anunciou um investimento de R$ 8 bilhões. A Seara faz parte dos planos de crescimento da empresa. Segundo informações do “Valor Econômico”, a JBS Global será sediada na Europa e terá ações listadas na Bolsa de Nova York. Entretanto, no começo não haverá captação de recursos.

Abertura de capital da JBS nos EUA

A JBS comunicou que avalia abrir capital nos Estados Unidos. Entretanto, a empresa negou que tem como objetivo transferir sua sede para o exterior.

De acordo com a JBS, a abertura de capital no mercado norte-americano é um dos pilares do plano de reestruturação financeira para o grupo concorrer no mercado mundial.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se