AGENDA

IRB Brasil (IRBR3) chega a liderar quedas na bolsa após anúncio de aumento de capital

IRB Brasil (IRBR3) chega a liderar quedas na bolsa após anúncio de aumento de capital
Sede do IRB Brasil (IRBR3)

A IRB Brasil Resseguros (IRBR3) chegou a liderar as quedas do principal índice acionário da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), o Ibovespa, nesta quinta-feira (9). O papéis da empresa eram negociados a R$ 8,78, com variação negativa de 5,79%, por volta das 10h48 (horário de Brasília).

A resseguradora anunciou na noite da última quarta-feira (8) que o seu Conselho de Administração aprovou um aumento de capital de até R$ 2,3 bilhões mediante a emissão de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal. O valor mínimo do aumento de capital, segundo a empresa, será de R$ 2,1 bilhões.

A operação será coordenada pelos acionistas Bradesco Seguros S.A. e Itaú Seguros S.A. (“Investidores Âncora”). As instituições financeiras possuem, respectivamente, 15,4% e 11,3% de participação na empresa. De acordo com a IRB, eles se comprometeram a, no mínimo, acompanhar o aumento de capital em suas participações proporcionais no capital com investimento total de, no mínimo, R$ 355 milhões e R$ 259,7 milhões por meio de subscrição e integralização de ações decorrentes do exercício de seus direitos de subscrição.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Serão emitidas, no mínimo, 303.030.304 ações e, no máximo, 331.890.331 ações. A IRB Brasil informou que os recursos captados com o aumento de capital contribuirão para o “reenquadramento da companhia aos critérios definidos pela Superintendência de Seguros Privados (“SUSEP”), para os fins previstos na Resolução CNSP 321/2015, que dispõe sobre “a cobertura” das Provisões Técnicas e da Margem Adicional de Liquidez Regulatória”.

Além disso, a resseguradora afirmou que a capitalização irá melhorar a estrutura de capital da IRB, além de incrementar sua solvência. Segundo a IRB Brasil, isso permitirá “a implementação de outras estratégias de negócios da companhia para os próximos anos”.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião