Infracommerce (IFCM3) tem prejuízo de R$ 3,8 milhões, aumento de 781,5%

Infracommerce (IFCM3) tem prejuízo de R$ 3,8 milhões, aumento de 781,5%
Infracommerce. Foto: Reprodução Facebook

A Infracommerce (IFCM3) registrou prejuízo de R$ 3,8 milhões no terceiro trimestre deste ano. Esse valor corresponde ao aumento de 781,5% na comparação com o mesmo período no ano anterior, quando havia registrado prejuízo de R$ 400 mil.

O balanço da Infracommerce apontou o crescimento de 69,9% na receita líquida do terceiro trimestre, para R$ 105,1 milhões. Segundo a companhia, esse desempenho está relacionado com o crescimento na quantidade de clientes e aumento na quantidade de transações no ecossistema.

O volume bruto de mercadorias (GMV, em inglês) totalizou no período de julho a setembro R$ 1,7 bilhão, alta de 42,9% na comparação com o terceiro trimestre de 2020.

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) caiu 0,6%, para 4,4 milhões.

De acordo com o release de resultado da Infracommerce, o resultado do Ebtida considera a expansão das áreas corporativas realizada no final de 2020 para suportar o plano de crescimento da companhia após a abertura de capital (IPO, em inglês), e as despesas pré-operacionais com a fintech e soluções omnichannel.

Os custos e despesas operacionais registraram aumento de 86,7% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período em 2020.

Em 30 de setembro, a Infracommerce registrou um caixa líquido de R$ 578,6 milhões, comparado com uma dívida líquida de R$ 4,7 milhões em 31 de dezembro de 2020. Durante o terceiro trimestre, a companhia reduziu seu endividamento de R$ 71,9 milhões para
R$ 17,9 milhões, de acordo com o uso planejado dos recursos do IPO.

No terceiro trimestre, o capex total da empresa foi de R$ 23,4 milhões, um aumento de 100,2% em relação ao mesmo período no ano anterior, devido ao “investimento em nossa plataforma omnichannel de R$ 13,5 milhões e investimento em infraestrutura de R$ 9,8 milhões, relacionados com a abertura dos novos CDs e dark stores”.

Guidance da Infracommerce 2021 e 2022

No balanço, a companhia também divulgou suas projeções para o final deste ano e as estimativas para o próximo. “Em 2022 esperamos um volume aproximado de R$ 13 bilhões em mercadorias transacionadas em nosso ecossistema (GMV), e uma receita operacional líquida de R$ 950 milhões”

De acordo com o balanço da Infracommerce, estas estimativas são preliminares e estão sujeitas a alterações.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO