Proventos bilionários

IFIX tem 5ª queda seguida; XPPR11 lidera baixas

IFIX tem 5ª queda seguida; XPPR11 lidera baixas
IFIX hoje. Foto: Pixabay

O IFIX, principal índice da bolsa de valores brasileira (B3), terminou a sessão de hoje em queda de 0,21%, aos 2.794 pontos, registrando a sua 5ª queda diária consecutiva.

O IFIX hoje ficou em linha com o mercado de ações, já que o Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,34%. A máxima do dia para o índice foi de 2.806 pontos, enquanto a mínima bateu os 2.792 pontos.

A cotação do IFIX foi impactada pelo desempenho negativo do fundo imobiliário XP Properties (XPPR11), que liderou as maiores desvalorizações do dia, com uma variação de -1,98%. Logo em seguida veio o FII Xp Selection Fundo de Fundos (XPSF11), que caiu 1,94%. Outro fundo que ficou entre as 10 maiores quedas da sessão foi o Bluemacaw Logística (BLMG11), que performou negativamente em 1,30%.

Já na ponta positiva, afetou o valor do IFIX o fundo imobiliário BTG Pactual Terras Agrícolas (BTRA11), que subiu 1,70%, se destacando entre as altas. Além disso, o FII Alianza Trust Renda Imobiliária (ALZR11) ficou na segunda colocação, com uma valorização de 1,23%.

No mês de junho, o IFIX acumula uma queda de 0,95%, enquanto na semana essa queda é de 0,31%.

Maiores altas do IFIX

Os 5 fundos imobiliários que tiveram maior valorização hoje foram:

  • BTRA11: +1,70%
  • ALZR11: +1,23%
  • BTAL11: +1,18%
  • BBPO11: +0,85%
  • GGRC11: +0,70%

Maiores baixas do IFIX

Enquanto isso, as 5 maiores quedas do dia foram:

  • XPPR11: -1,98%
  • XPSF11: -1,94%
  • RBRF11: -1,94%
  • HGFF11: -1,67%
  • SARE11: -1,48%

KNIP11 inicia sua 10ª emissão de cotas e divulga detalhes da oferta

O fundo imobiliário Kinea Índice de Preços (KNIP11), que também faz parte do IFIX, divulgou nesta terça-feira (28) o início da oferta pública de distribuição de até 12,5 milhões de cotas da sua 10ª emissão, em classe e série únicas, nominativas e escriturais. O valor unitário da cota é de R$ 97,54, representando o valor patrimonial das cotas do fundo no dia 31 de maio de 2022.

Na sessão de hoje (28), o fundo KNIP11 terminou praticamente estável, com uma valorização de 0,02%, impactando pouco no gráfico do IFIX.

Considerando o número de cotas e o seu valor unitário, o valor total da oferta é de cerca de R$ 1,219 bilhão. Esse montante vai ser ainda corrigido segundo o valor atualizado da cota da 10ª emissão, conforme os termos da Instrução CVM nº 400/03 e também da Instrução da CVM nº 472 do dia 31 de outubro de 2008.

No que se refere à subscrição e integralização das cotas da 10ª emissão do KNIP11, o fundo explica em documento que será devido pelos investidores a taxa de ingresso e/ou de distribuição primária. O valor mínimo da oferta é de quase R$ 19,51 milhões, representado por 200 mil cotas da oferta.

A oferta do KNIP11 se destina aos considerados investidores qualificados. Além disso, cada investidor pode subscrever e integralizar no máximo 1 milhão de cotas da 10ª emissão, pelo valor Atualizado da cota. Desconsiderando a taxa de ingresso, o valor máximo a ser desembolsado é de até R$ 97,54 milhões.

O FII KNIP11 tem uma participação de 6,756% na carteira teórica do IFIX, com uma quantidade teórica de 71.134.764.

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO