IFIX tem leve queda de 0,05%; VINO11 e CVBI11 sobem 2%

O IFIX, principal índice de fundos imobiliários da Bolsa de Valores brasileira (B3), terminou o pregão desta terça-feira (22) em leve queda de 0,05%, a 2.866,50 pontos.

BOLSONARO PEDE ANULAÇÃO DE PARTE DOS VOTOS; SAIBA MAIS!

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

A cotação do IFIX registrou sua máxima diária em 2.878,96 pontos, enquanto a mínima foi de 2.862,43 pontos.

Nesta terça-feira até o final da tarde, o IFIX hoje vinha apresentando uma queda marginal de 0,10%. No mês, o índice já acumula uma variação negativa de mais de 4%.

Segundo Anna Tenan, CFA e Analista da Órama, o cenário de incertezas fiscais e indefinições quanto a equipe do novo governo vem movimentando a curva de juros, e pressionando os ativos de renda variável.

“O movimento de hoje não foi puxado por nenhum segmento específico de fundos imobiliários. Entretanto, vale destacar que no mês os fundos de tijolo e FoFs vem sendo mais impactados, tendo em vista que sua recuperação estava bastante pautada na sinalização do encerramento do ciclo de aperto monetário e potencial corte de juros já em 2023”, diz Tenan.

Nesse cenário, os FIIs de CRIs, que vinham sofrendo por conta dos meses seguidos de deflação, estão em um momento de potencial retomada, uma vez que os números do IPCA foram positivos no último mês e a perspectiva é que também devem ser nos próximos períodos. Caso isso se concretize, poderá resultar em um aumento de dividendos para esses fundos.

A maior alta da sessão foi o XP Selection (XPSF11), com variação de +4,19%, sendo o principal destaque positivo do pregão.

A segunda colocação entre as altas do IFIX hoje foi o FII Bluemacaw Renda+ FOF (BLMR11), com avanço de 3,11%, seguido por VBI CRI (CVBI11), que teve uma valorização de 2,23%.

Já os fundos Vinci Offices (VINO11) e o Vinci Imóveis Urbanos (VIUR11) subiram 2,08% e 1,85%, respectivamente.

Entre as quedas, o principal destaque foi Brazilian Graveyard and Death Care Services (CARE11), com baixa de 3,66%, seguido por Votorantim Logística (VTLT11), que caiu 3,18%.

Enquanto isso, o BlueMacaw Logística FII (BLMG11) recuou 2,40% e o Vinci Shopping Centers (VISC11), que caiu 2,11%. Fechando a lista, o fundo CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11) teve uma baixa de 1,99%.

Maiores altas do IFIX

As 5 maiores altas do IFIX foram:

  • XPSF11: +4,19%
  • BLMR11: +3,11%
  • CVBI11: +2,23%
  • VINO11: +2,08%
  • VIUR11: +1,85%

Maiores baixas do IFIX

As 5 maiores quedas dos FIIs hoje foram:

  • CARE11: -3,66%
  • VTLT11: -3,18%
  • BLMG11: -2,40%
  • VISC11: -2,11%
  • HGCR11: -1,99%

Fundos imobiliários que pagaram dividendos hoje (22)

Nesta terça-feira (22), apenas o fundo imobiliário MORE11 distribuiu dividendos, no valor de R$ 0,60 por cota.

Os dividendos do MORE11 caem de forma automática na conta da corretora de valores do cotista.

Conforme a legislação, o fundo imobiliário MORE11 deve distribuir pelo menos 95% do seu resultado financeiro por semestre. Geralmente, esses rendimentos são pagos pelos FIIs mensalmente.

Os dividendos dos fundos imobiliários são isentos de imposto de renda, assim como acontece com os demais dividendos de FIIs, inclusive os do IFIX.

Cotação do IFIX nesta segunda (21)

O IFIX encerrou a sessão desta segunda-feira em queda de 0,36%, a 2.867,85 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno