IFIX cai novamente, VINO11 e BRCR11 são destaques; RECR11 anuncia resultado de R$ 26,86 milhões

O IFIX, principal índice de fundos imobiliários da bolsa brasileira, terminou o pregão desta quarta-feira (8) em queda de 0,23%, aos 2.798,31 pontos, depois de oscilar entre 2.808,41 e 2.797,51 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

A maior alta do IFIX hoje foi do FII XPCI11, com uma valorização de 1,28%. Além dele, outros destaques positivos do pregão de hoje foram dos fundos SARE11, WHGR11, ARRI11 e HABT11.

Por outro lado, o SDIL11 tombou 3,00%, registrando a maior queda de hoje entre os fundos imobiliários do IFIX. Na sequência, VINO11 caiu 2,81% e os FIIs TORD11, CPFF11 e BRCR11 também foram destaques negativos desta sessão.

Maiores altas do IFIX

As 5 maiores altas do IFIX foram:

TickerPorcentagem
XPCI11+1,28%
SARE11+1,27%
WHGR11+1,06%
ARRI11+0,87%
HABT11+0,86%

Maiores baixas do IFIX

As 5 maiores quedas do IFIX foram:

TickerPorcentagem
SDIL11-3,00%
VINO11-2,81%
TORD11-2,17%
CPFF11-2,13%
BRCR11-2,12%

RECR11 anuncia resultado de R$ 28,86 milhões

O fundo imobiliário RECR11 anunciou na manhã desta quarta-feira (8), o seu relatório gerencial do mês de janeiro, reportando um lucro líquido em regime de competência de R$ 26,24 milhões. Em regime de caixa, esse resultado foi de quase R$ 26,86 milhões.

No dia 14 de fevereiro de 2023, referente ao resultado do mês de janeiro, será distribuído o montante de R$ 26,177 milhões em dividendos. Os dividendos do RECR11 representam R$ 0,99 por cota.

O FII RECR11 encerrou o mês com 96% de seus recursos alocados, distribuídos em 94 operações de CRI e 3 fundos imobiliários. A gestão destacou que, neste momento, não há qualquer previsão para uma nova oferta de captação do fundo.

No acumulado dos últimos 12 meses, a distribuição de rendimentos do RECR11 corresponde a 12,4% ao ano, ou o equivalente a 97% do CDI.

Após a dedução do imposto de renda, os proventos do RECR11 passam a equivaler a 114% do CDI líquido do tributo.

Entre dezembro de 2017, quando o fundo RECR11 encerrou a sua oferta inicial, e janeiro de 2023, o FII distribuiu um montante acumulado de 83,0%, contra um CDI acumulado de 38,1%.

O fundo tem CRIs com lastro imobiliário espalhados principalmente em 14 estados

do Brasil, sendo que a maior concentração está no estado de São Paulo.

Atualmente, o patrimônio líquido do RECR11 é de R$ 2,52 bilhões, equivalente a R$ 95,33 por cota. Já o valor de mercado do FII é de R$ 2,27 bilhões.

Assim, o preço sobre valor patrimonial do fundo é 0,90, o que significa que as cotas do RECR11 estão sendo negociadas na bolsa com um desconto de 10% em relação ao seu valor patrimonial.

Cotação do IFIX nesta terça (7)

O IFIX encerrou o pregão desta terça-feira (7) em queda de 0,22%, aos 2.804,81 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião