Ações: PetroRio (PRIO3) e Eletrobras (ELET3) estão entre as maiores altas de abril

Ações: PetroRio (PRIO3) e Eletrobras (ELET3) estão entre as maiores altas de abril
PetroRio (PRIO3) e Vale (VALE30 são destaques do Ibovespa com alta na cotação do petróleo e do minério - Foto: Divulgação

O mês de abril interrompeu o otimismo que vinha o mercado acionário brasileiro no primeiro trimestre do ano. Isso porque, o principal índice de ações da Bolsa de Valores, o Ibovespa, desabou 10% no mês.

Os investidores estão atentos ao ciclo de alta de juros dos Estados Unidos, o cenário de inflação persistente no mundo, lockdowns na China e seus impactos na atividade econômica do mundo. Mas, das 91 ações do Ibovespa, ao menos 11 encerraram o mês positivo.

O destaques do mês ficou para as companhias de petróleo com a PetroRio (PRIO3) e 3R (RRRP3) e o setor de elétrico com a CPFL (CPFE3) configurando entre as maiores altas do mês.

Veja as ações que tiveram maiores altas em abril

PetroRio

As petroleiras foram beneficiadas com a forte volatilidade em abril, os principais contratos futuros de petróleo que fecharam em alta, com o brent para julho avançando cerca de 3% no mês, e acumulando alta de cerca de 40% no ano, com a perspectiva de menor demanda da commodity.

Além disso, o mercado ficou animado com a conclusão de compra da PetroRio pela Albacora Leste da Petrobras (PETR4). Os especialistas projetam mais produção e visibilidade no investimento feito.

O Credit Suisse, elevou o preço-alvo para as ações da PetroRio de R$ 30 para R$ 35, com a recomendação de compra.

CPFL

Com o Ibovespa negativo no mês, os setores mais resilientes, como o de energia, se destacaram. A ação da CPFL valorizou 12% no mês de abril.

Os especialista avaliam o papel como o de maior dividend yield no setor. A projeção é de um DY de 10,8% em 2022 e 11,3% em 2023, segundo o relatório do Bradesco BBI.

Com essa estimativa, a CPFL deve continuar atraindo mais investidores e o preço-alvo foi elevado de R$ 35 para R$ 39, com a recomendação de compra.

Eletrobras

Os investidores estiveram com os olhos bem atento na Eletrobras devido ao plano de privatização da estatal.

O mercado avalia que, apesar do atraso na tramitação, que agora deve acontecer em 18 de maio, ainda há uma possibilidade do projeto avançar. Portanto, a expectativa é de que a privatização da Eletrobras aconteça entre junho e julho.

O Goldman Sachs permanece com a recomendação de compra das ações, com preço-alvo de R$ 46 para a ELET3.

3R Petroleum

No ranking das maiores altas do Ibovespa no mês de abril, aparece mais uma petroleira que surfou no cenário de projeções de alta para a commodity, assim como a PetroRio.

Além disso, a 3R certificou a Polo Portiguar com 229 milhões de barris de óleo (boe) de reservas. Com isso, a empresa possui agora as maiores reservas entre as companhias listadas na América Latina, com 494 milhões de boe de reservas, das quais 98% são de petróleo.

O Morgan Stanley destacou a 3R como a top pick (melhor escolha) do setor e elevou o preço-alvo  de R$ 62,50 para R$ 96, com recomendação de compra.

Cielo

A empresa de maquininha concluiu a venda da sua subsidária Merchant E-Solutions, sendo pagos US$ 137 milhões. A operação ainda compreende uma parcela variável de até US$ 150 milhões, sujeito à verificação futura de determinadas premissas acordadas entre as partes.

De acordo com os analistas do Itaú BBA, a venda dos ativos foi positiva, uma vez que  era a principal subsidiária fora do core-business da Cielo, linha que vinha pressionando os resultados consolidados da empresa.

Além disso, os especialistas aguardam o balanço da Cielo e esperam um trimestre para postivo empresa, com um bom Volume  Total de Pagamentos (TPV) e uma ligeira recuperação de preços.

Investir em ações do Ibovespa

Antes de qualquer investimento em ações é importante ressaltar que quitar as dívidas deve sempre ser a prioridade. Os analistas da SUNO Research lembram sempre que é necessário antes poupar dinheiro para depois investir no Ibovespa, e nunca se endividar para investir ou investir endividado.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO