Gafisa (GFSA3) reverte prejuízo e lucra R$ 12,9 milhões no 1T21

Gafisa (GFSA3) reverte prejuízo e lucra R$ 12,9 milhões no 1T21
Gafisa (Foto: Reprodução)

A Gafisa (GFSA3) divulgou nesta segunda-feira (17) seus resultados no primeiro trimestre desse ano. A companha anotou um lucro líquido de R$ 12,967 milhões no período, revertendo prejuízo de R$ 25,462 milhões apurado um ano antes.

Entre janeiro e março desse ano, a receita líquida da Gafisa somou R$ 170,132 milhões, o que equivale a um avanço de 137,3% em comparação com a receita de R$ 71,703 milhões apurada no primeiro trimestre do ano passado.

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) da empresa somou R$ 19,2 milhões nos três primeiros meses do ano, representando um aumento de 367,2% na comparação ano a ano, “refletindo a melhora do desempenho operacional como resultado do processo de reestruturação da companhia”, destaca o balanço.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Entre janeiro e março de 2021, a companhia não lançou nenhum empreendimento. A Gafisa explica que no trimestre, três empreendimentos estavam com “todo aparato necessário para o lançamento”, no entanto, devido à restrições impostas em 8 de março para o estado de São Paulo, a empresa decidiu postergar os lançamentos como estratégia, “considerando as limitações de funcionamento para stands de vendas e alcance das ações comerciais”.

“Somados, os três empreendimentos alcançam o total de R$ 546,1 milhões de VGV bruto. Estes projetos estão aguardando a normalização das condições comerciais e funcionamento dos stands de vendas para lançamento”, completa a companhia.

Vendas brutas mais que triplicam

Por sua vez, as vendas brutas no trimestre somaram R$ 162,9 milhões, representando um aumento de 320% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Ao mesmo tempo, os distratos incorridos somaram R$ 33,9 milhões, contra R$ 10,1 milhões um ano antes, “devido à reestruturação dos negócios realizados para o empreendimento Moov Parque Maia, localizado em Guarulhos – um projeto resgatado de paralisação em 2019, corretamente reprecificado e que deve trazer novos retornos à Companhia”.

Frente a isso, as vendas líquidas atingiram R$ 128,9 milhões ao final de março, contra R$ 28,6 milhões ao final do primeiro trimestre do ano ano passado.

Além disso, as Vendas Sobre Oferta (VSO) no período, foram de 11,7%, o equivalente a um aumento de cerca de 8 pontos percentuais na comparação ano a ano, “como resultado das iniciativas para aumento de vendas desde o reposicionamento da companhia”.

Já o valor de mercado de estoque da Gafisa passou para R$ 977,5 milhões, caindo 7,2% na comparação trimestral. Ademais, o Banco de terrenos da empresa tem um VGV estimado de R$ 7,2 bilhões, totalizando 10.636 unidades.

Última cotação da Gafisa

A ação da Gafisa (GFSA3) encerrou o pregão de hoje em alta de 3,33%, valendo R$ 4,65. No ano, o papel acumula uma alta de 6,90%, frente ao fechamento a R$ 4,35 em dezembro.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião