Grana na conta

XPML11 anuncia dividendos para novembro; veja o valor

O fundo imobiliário XPML11 acaba de anunciar um novo pagamento de dividendos. No dia 24 de novembro de 2023, o FII vai distribuir R$ 0,85 por cota aos investidores, conforme divulgado nesta sexta-feira (17).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-3.png

Os dividendos do XPML11 se mantiveram estáveis pelo terceiro mês consecutivo. A data de corte para receber os rendimentos é até o final do pregão de hoje (17) na Bolsa de Valores.

Os rendimentos do XPML11 são isentos de Imposto de Renda. O valor se refere aos resultados registrados no mês de outubro, mas que só serão divulgados no próximo relatório gerencial do FII.

Apesar da manutenção do valor, os proventos do fundo mostram um aumento de 13,33% na comparação com o dividendo distribuído no mesmo período do ano passado – novembro de 2022 – quando foi pago R$ 0,75 por cota.

Os dividendos do FII XPML11 totalizam R$ 9,09 por cota neste ano. De janeiro a novembro do ano passado, o valor distribuído tinha sido de R$ 7,73 por cota.

Sobre a cotação atual, de R$ 113,50, o novo valor corresponde a um dividend yield mensal de 0,7489%. Nos últimos 12 meses, esse DY é de 8,69%, considerando a distribuição realizada nos últimos 12 meses, que foi de R$ 9,86 por cota.

Veja quais foram os dividendos distribuídos pelo XP Malls nos últimos 12 meses:

Data de corteData de pagamentoValor por cota
17/10/202324/11/2023R$ 0,85
18/10/202325/10/2023R$ 0,85
18/9/202325/9/2023R$ 0,85
18/8/202325/8/2023R$ 0,84
18/7/202325/7/2023R$ 0,83
16/6/202323/6/2023R$ 0,81
18/5/202325/5/2023R$ 0,81
17/4/202325/4/2023R$ 0,80
17/3/202324/3/2023R$ 0,78
15/2/202324/2/2023R$ 0,77
18/1/202325/1/2023R$ 0,90
16/12/202223/12/2022R$ 0,77

Detalhes sobre o XPML11

O fundo imobiliário XPML11 é um dos maiores da indústria de FIIs em número de cotistas, com 384,4 mil investidores no total. Seu valor de mercado atual, de R$ 3,498 bilhões, é cerca de 1% superior ao valor patrimonial do fundo, que é de R$ 3,459 bilhões, equivalente a R$ 112,24 por cota.

Até o final do terceiro trimestre de 2023, a gestão destacou que a carteira continua com um patamar “saudável” de vacância, de 4,1% da sua Área Bruta Locável (ABL) total, que foi atingida pela última vez em outubro de 2022.

O último resultado do XPML11 foi de R$ 24,421 milhões, registrado em setembro. Os lucros de outubro, e que serviram como base para os novos dividendos, ainda não foram divulgados ao mercado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião