XPML11 anuncia captação máxima em sua oferta e levanta R$ 1 bilhão

O fundo imobiliário XPML11 divulgou que o período para exercer o direito de subscrição de sobras e montante adicional foi encerrado, referente à sua 10ª emissão de cotas. O FII levantou o montante máximo que essa oferta poderia alcançar, de R$ 1 bilhão.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Na nova emissão do FII XPML11, foram subscritas e integralizadas mais de 8,935 milhões de novas cotas, com o valor de cada cota custando R$ 111,91. O preço de subscrição correspondeu a soma desse valor com uma taxa de distribuição primária de 0,93%.

No período de exercício do direito de preferência, foram subscritas e integralizadas 2,367 milhões de cotas, representando R$ 264,9 milhões.

Já no período de exercício do direito de subscrição de sobras e montante adicional, foram subscritas e integralizadas mais de 4,778 milhões de cotas do fundo imobiliário XPML11, o que corresponde a um montante de R$ 534,8 milhões.

A quantidade de manifestações de interesse na subscrição de montante adicional foi maior que o número de sobras disponíveis. Por essa razão, foi realizado um rateio dos pedidos exercidos, na razão equivalente a 0,808445431211.

Com isso, mais de 1,789 milhão de cotas do fundo XPML11 foram subscritas e integralizadas durante o período de coleta de intenções de investimento, diante da emissão de um lote adicional de cotas, o que representa um montante de R$ 200,287 milhões, sem levar em conta a taxa de distribuição primária.

A integralização das cotas subscritas foi realizada na segunda-feira (5), seguindo os procedimentos operacionais da B3 e do escriturador.

Outras informações do XPML11

O XPML11 é um dos maiores fundos imobiliários do Brasil em número de cotistas e também em patrimônio líquido. Ele é um FII do setor de shopping centers, que já superou a marca de 409 mil cotistas até então.

O XPML11 tem um valor de mercado total de R$ 3,63 bilhões, o que representa uma quantia 5% superior ao valor patrimonial, que é de R$ 3,446 bilhões.

Ao final do pregão desta terça-feira (6), o preço da cota do XP Malls era de R$ 117,87, registrando uma alta acumulada de 22,55% no intervalo de 1 ano. Nesse mesmo período, os rendimentos do fundo somam R$ 10,01 por cota, com um dividend yield (DY) de 8,50%.

O XPML11 tem uma participação de 3,537% na composição do IFIX, enquanto a liquidez média diária na Bolsa de Valores é de R$ 14,84 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Tags
João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião