Semana do Fiagro

FII HCRI11 suspende dividendos para pagar dívida com a Rede D’Or (RDOR3)

FII HCRI11 suspende dividendos para pagar dívida com a Rede D’Or (RDOR3)
imóveis. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário (FII) Hospital da Criança (HCRI11) não vai pagar dividendos aos cotistas previsto para esta sexta-feira (20). O FII HCRI11 segurará o pagamento para maio para saldar parte de um dívida de quase R$ 1 milhão com a Rede D’Or (RDOR3).

Essa é a segunda vez consecutiva em que o FII HCRI11 suspende o pagamento de dividendos sob a mesma justificativa.

Para entender melhor: a Rede D’Or opera em uma unidade pediátrica em São Paulo, pertencente ao fundo. Em 2016, a operadora de saúde questionou judicialmente o valor do aluguel do local.

O Tribunal de Justiça do estado acatou o pedido da empresa e, em parecer provisório, determinou uma queda de 24% na soma. Mas a conclusão da ação judicial ocorreu apenas no mês passado. Dessa forma a locatária seguiu pagando o valor original previsto no contrato.

Com a decisão da Justiça, o fundo deve devolver a quantia extra paga durante o andamento do processo, fixada no valor de R$ 9,7 milhões. No entanto, em resposta à decisão, o FII Hospital da Criança protocolou pedido de cumprimento de sentença de outro processo, de 2011, pelo qual a Rede D’Or deve ressarcir o fundo em R$ 8,7 milhões.

Portanto, o valor a ser pago pelo HCRI11 agora é de R$ 983,6 mil.

O Hospital da Criança é uma unidade pediátrica em funcionamento desde 1998 na capital paulista. Com área construída de 5,5 mil metros quadrados, o prédio possui 90 leitos, maternidade, centro cirúrgico, unidade de tratamento intensivo e enfermarias.

A notícia de suspensão dos dividendos do HCRI11 não agradou muito o mercado. No fechamento desta segunda (16), o FII caiu 3,85%, negociado a R$ 249,99.  Por sua vez, o IFIX, principal Índice de Fundos Imobiliários da B3 (B3SA3), fechou em leve queda de 0,11%, aos 2.769 pontos.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO