VGIA11 gera retorno de 17,91% com dividendos e anuncia venda milionária de CRAs

O Fiagro VGIA11, o maior do setor em número de investidores, divulgou seu novo relatório gerencial de agosto, destacando uma distribuição de R$ 0,13 por cota em dividendos, que será realizada em 20 de setembro.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Os novos dividendos do VGIA11 representam uma rentabilidade líquida de CDI + 2,5% ao ano, a partir da cota patrimonial de agosto, que tinha sido de R$ 9,52, totalizando um montante de R$ 11,239 milhões.

Nos últimos 12 meses, os rendimentos do VGIA11 somam R$ 1,68 por cota, equivalente a um dividend yield anual de 17,91% sobre a cotação atual de R$ 9,38.

No mês de agosto, o fundo apresentou um volume médio diário de negociação de R$ 5,7 milhões. O Fiagro terminou o mês com 138.563 investidores, com aumento de 12,7% na comparação com o mês de julho.

O resultado de agosto foi de quase R$ 12,493 milhões, gerado a partir de um faturamento de R$ 14,535 milhões. As despesas recorrentes somaram R$ 848,217 mil, enquanto as despesas não-recorrentes totalizaram R$ 1,194 milhão.

Até o final de agosto de 2023, a reserva de caixa do Fiagro VGIA11 corresponde a R$ 0,06 por cota, que pode ser utilizada para futuras distribuições e despesas, como a taxa de performance, por exemplo.

VGIA11 anuncia investimento milionário em CRAs

O fundo VGIA11 investe principalmente em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), de acordo com os critérios destacados em sua política de investimento.

Em agosto, o Fiagro comprou R$ 8 milhões do CRA Coagril, na curva de CDI + 5,00%. Outra aquisição feita no mês foi o CRA Nater Coop, na curva de CDI + 5,0%, por um montante de R$ 14 milhões.

Uma movimentação importante do fundo VGIA11 também foi a venda de R$ 33,5 milhões do CRA Belagrícola II e também de R$ 3,6 milhões do CRA Fiagril II.

Dentre as estratégias do momento, a gestão pretende continuar diminuindo sua posição “nestes e outros ativos para adquirir novos CRAs e aumentar a diversificação da carteira”, destaca o relatório.

Além disso, a gestão atualizou os cotistas sobre a inadimplência dos CRAs Languiru. Ela permanece acompanhando de maneira próxima os demais passos da cooperativa com a apresentação do plano de liquidação, que será usado para quitar suas dívidas com a venda de uma parcela dos seus ativos.

“No mais, sem prejuízo de eventuais negociações que visem a melhoria nas condições de garantias do crédito, a Gestão segue em busca da satisfação da parcela inadimplida por meio das garantias constituídas”, conclui a gestão do VGIA11.

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno