SNAG11 divulga novo pagamento de dividendos para julho; confira o valor

O Fiagro SNAG11, da Suno Asset, anunciou novos dividendos para o mês de julho, no valor de R$ 0,10 por cota, mantendo a quantia paga no mês passado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Conforme comunicado nesta quarta-feira (10), os rendimentos do SNAG11 serão distribuídos no dia 25 de julho de 2024. O pagamento será voltado aos que terminarem o pregão de 15 de julho comprado nas cotas do fundo.

No intervalo de 1 ano, os dividendos do SNAG11 totalizam R$ 1,31 por cota. A partir do preço da cota de R$ 10,01, registrada ao final de junho, esse montante corresponde a um dividend yield (DY) de 13,087% em 12 meses. No cenário mensal, o retorno é de 1,00%, equivalente a 12,67% ao ano.

Nos últimos 24 meses, os dividendos do Suno Agro contam com uma média de R$ 0,11205556 por cota por mês.

Atualmente, o Fiagro SNAG11 possui mais de 97,4 mil cotistas, assim como uma liquidez média de R$ 1,87 milhão por dia.

O rendimento atual tem como base os ganhos de junho, embora eles ainda não tenham sido divulgados. O último lucro anunciado foi o de maio, cujo resultado final foi de R$ 6,297 milhões.

Esse resultado é composto por uma receita distribuível que soma R$ 5,452 milhões, já as despesas totalizaram R$ 452,01 mil. Os proventos distribuídos em junho (referente a maio) foram de R$ 5 milhões, correspondente a R$ 0,10 por cota.

Outras informações sobre o SNAG11

O fundo SNAG11 tem um valor de mercado total de R$ 500,5 milhões, equivalente a R$ 10,00 por cota. Já o patrimônio líquido é de aproximadamente R$ 502,53 milhões, ou R$ 10,05 por cota. Assim, o preço sobre valor patrimonial (P/VP) é quase 1,00.

Confira qual é a exposição da carteira do Suno Agro por ativo:

  • CRA Pulv Boa Safra – 67%
  • CRA Ruiz Coffes – 10%
  • CRA Leitíssimo – 8%
  • Imóvel Rural Sorriso – 8%
  • Imóvel Rural Primavera – 3%
  • Big Trade FIDC MEZA – 2%
  • Big Trade FIDC Sênior – 2%

No final de maio, o SNAG11 tinha 85% de exposição de seus recursos em Certificados de Recebimento do Agronegócio (CRAs). A parte remanescente está alocada em imóveis, que representam 11%, e FIDC, que “responde” por 4%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno