Fed pretende manter juros baixos no futuro próximo

O Federal Reserve (Fed) divulgou nessa quarta-feira (8) a ata da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, sigla em inglês) que ocorreu no último dia 15. Na reunião foi discutida a redução dos juros nos Estados Unidos para o intervalo de 0% a 0,25% e a instituição indicou que pretende manter as taxas no futuro próximo.

Além disso, a ata divulgada pelo Fed, salientava que os membros acreditam na importância de usar todo seu poder agora.

Foi informado também que a votação para baixar as taxas de juros foi quase unânime, já que apenas o Presidente do Fed de Cleveland, Loretta Mester votou contra.

Saiba mais:Estados Unidos já está em recessão, diz presidente do Fed

“Os membros julgaram que os efeitos do coronavírus pesariam na atividade econômica no curto prazo e representariam riscos para as perspectivas econômicas. À luz desses desenvolvimentos, quase todos os integrantes concordaram em reduzir o intervalo da taxa de juros entre 0% e 0,25% por cento”, informou a ata.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Em relação aos efeitos que o coronavírus (covid-19) tem gerado na economia,o registro indicou que “todos os participantes veem a perspectiva econômica de curto prazo dos EUA como tendo se deteriorado acentuadamente nas últimas semanas e se tornando profundamente incerta”.

Leia mais: Fed: manutenção de empregos é fundamental para uma rápida recuperação

Além disso, o documento informava que “em sua discussão sobre política monetária para esta reunião, os membros observaram que a pandemia do novo coronavírus prejudicou comunidades e interrompeu a atividade econômica em muitos países, incluindo os Estados Unidos, e que as condições financeiras globais também foram significativamente afetadas”.

Sobre a política monetária, foi acordado na reunião que “os integrantes do comitê jugam que seria apropriado manter a faixa de juros até que os formuladores de políticas estejam mais confiantes de que a economia resistirá a eventos recentes e estará a caminho de alcançar as metas de emprego e inflação”.

Para o Fed manutenção de empregos é fundamental para uma rápida recuperação

O presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, declarou na última quinta-feira (2) que a manutenção dos empregos é fundamental para que a economia volte a se recuperar rapidamente após a pandemia do coronavírus.

Confira: Banco Central fecha acordo com Fed para proporcionar liquidez de dólares

“Uma coisa que sabemos de 2008, quando milhões e milhões e milhões de norte-americanos perderam seus empregos, é que levou mais de uma década para reorganizar o mercado de trabalho”, declarou o presidente do Fed em uma teleconferência, comentando a situação do coronavírus, “Estou realmente satisfeito por muitas ações do governo federal e dos governos estaduais terem sido focada em tentar manter os trabalhadores em seus empregos.”

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião