EUA: Pandemia faz déficit orçamentário triplicar no ano fiscal de 2020

EUA: Pandemia faz déficit orçamentário triplicar no ano fiscal de 2020
EUA: Pandemia faz déficit orçamentário triplicar no ano fiscal de 2020

O Escritório de Orçamento do Congresso (CBO) divulgou nesta quinta-feira (8) que o déficit orçamentário dos EUA triplicou no ano fiscal terminado em 30 de setembro de 2020, em função da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) que levou o país à uma recessão.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

De acordo com o CBO, os EUA encerraram o ano fiscal de 2020 com um déficit de US$ 3,1 trilhões, ante US$ 984 bilhões do ano anterior. Além disso, o Produto Interno Bruto (PIB) teve um déficit de 15,2%, sendo o percentual mais alto desde 1945, no período em que o país financiava a recuperação pós-Segunda Guerra Mundial.

Enquanto isso, as receitas chegaram a US$ 3,4 trilhões, registrando uma queda de 1% em relação ao mesmo período do ano passado. Sendo que a maior parte da queda na arrecadação ocorreu a partir de março, no momento em que o vírus começou a se propagar pelo país.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Em relação aos gastos, o valor chegou a US$ 6,5 trilhões, representando um aumento de 47% em comparação com 2019.

EUA terá uma forte recuperação na economia em 2021, diz secretário do Tesouro

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, disse, durante um evento remoto promovido pela CNBC, nesta quarta-feira (30), que a economia dos EUA em 2021 irá se recuperar “com força”. Mnuchin afirmou que o mercado acionário tem mostrado força recentemente, e isso, segundo ele, é um sinal de confiança no programa econômico que se encontra em execução.

Saiba Mais: EUA terá uma forte recuperação na economia em 2021, diz secretário do Tesouro

Com otimismo, o secretário também citou a possibilidade de um acordo por um novo pacote fiscal de apoio à economia dos EUA. Mnuchin também afirmou que o sistema tributário dos EUA deve continuar simplificado. Ademais, o secretário do Tesouro norte-americano assegurou que em algum momento será preciso tratar a questão do déficit, mesmo não sendo uma prioridade do momento.

De qualquer maneira, o secretário deixou claro que a economia americana está se saindo “muito melhor do que imaginávamos”. Além de citar que, no cenário atual, os modelos econômicos tradicionais não estão funcionando.

Com informações do Estadão Conteúdo

 

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião