Semana do ESG

Estados Unidos e outros países do G7 vão banir importações de ouro da Rússia

Estados Unidos e outros países do G7 vão banir importações de ouro da Rússia
Barras de Ouro. Foto: Pixabay

O G7 vai banir importações de ouro da Rússia como uma tentativa de isolar ainda mais a economia russa. Neste domingo (26), a informação sobre o banimento foi confirmada pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

“Os Estados Unidos impuseram custos sem precedentes a Putin para negar a ele os recursos necessários para financiar sua guerra contra a Ucrânia. Unido, o G7 anunciará a proibição da compra de ouro russo, uma exportação significativa que arrecada dezenas de bilhões de dólares para a Rússia”, escreveu Biden no Twitter.

A medida se soma a uma série de penalidades impostas pelos países ocidentais à Rússia desde o início da guerra, em 24 de fevereiro. A promessa do G7 deve marcar uma separação total entre a Rússia e os dois principais centros comerciais do mundo, Londres e Nova York.

Hoje, os líderes se reúnem na abertura da cúpula do G7, na Alemanha, para debater sobre o fornecimento de energia e o combate à inflação. O objetivo é evitar que as consequências da guerra na Ucrânia impactem a coalizão global, que trabalha para punir a Rússia.

Antes do encontro, Moscou atacou com mísseis a capital ucraniana Kiev, e atingiu edifícios residenciais. Foram os primeiros ataques russos desta modalidade em três semanas.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que a proibição da importação de ouro pelo G7 vai atingir em cheio os “oligarcas russos e o coração da máquina de guerra de Putin”. Segundo ele, o presidente russo está “bancando seu ego às custas dos povos ucraniano e russo”. “Precisamos privar o regime de Putin de seu financiamento”, afirmou.

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO