Queda das ações no ano? Veja por que o Magazine Luiza (MGLU3) recebeu recomendação de compra do BB Investimentos

Entre as companhias no guarda-chuva do BB Investimentos, a Magazine Luiza (MGLU3) “merece destaque” pelos resultados no primeiro trimestre. As ações da Magalu têm recomendação de compra da casa.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/1420x240-Banner-Home.png

Apesar disso, a companhia sofreu uma desvalorização de 8,90% no mês de maio, acumulando uma perda de -42,28% no ano. Contudo, as ações MGLU3 são as únicas na cobertura do banco do setor que permanecem recomendadas para compra pelos analistas do BB Investimentos.

Em relatório publicado pela casa, a recomendação é de um preço-alvo de MGLU3 a R$ 36,80, com upside de 197,01%,

Na ponta oposta, as ações da Casas Bahia (BHIA3) são as única indicadas para “venda” na cobertura da research, enquanto as demais seguem no modo “neutro”.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Varejo ainda “pena” para recuperar, mas novas medidas podem ajudar setor

“As empresas do varejo sofreram com a abertura da curva de juros, com as incertezas em relação
aos impactos das enchentes no Rio Grande do Sul e com a reação do mercado frente a alguns dos
resultados do 1T24 apresentados”, lembram as analistas do BB, Georgia Jorge e Andréa Aznar.

Na estimativa da casa, a bolsa de valores deve encerrar o semestre “longe de reverter as perdas acumuladas até maio, que totalizaram cerca de 9%”.

“Esse desempenho coloca o Ibovespa com o pior retorno nominal em reais e em dólares (-16%) entre as principais bolsas globais”, avalia o BB.

As variáveis macroeconômicas, entretanto, podem ser positivas para o setor: expansão do crédito, aumento da massa de renda real e queda da taxa de desocupação, que pode ajudar a crescer o consumo das famílias.

“Por outro lado, o mercado ainda se mostra preocupado com uma possível pressão inflacionária advinda do mercado de trabalho aquecido e da inflação de serviços ainda resiliente”, pontuam as analistas.

Entre as companhias cobertas, elas destacam o crescimento da Magalu (MGLU3) na temporada de balanços, com aumento na posição de caixa.

Desempenho das varejistas em maio: LREN3, MGLU3, BHIA3, GMAT3 e mais - Fonte: BB Investimentos
Desempenho das varejistas em maio: LREN3, MGLU3, BHIA3, GMAT3 e mais – Fonte: BB Investimentos

Os papéis da Lojas Renner (LREN3) e do Grupo Natura (NTCO3), no entanto, aparentaram sentir mais os efeitos das enchentes no Rio Grande do Sul.

O Grupo Mateus (GMAT3) reportou um resultado neutro, na visão da research, com consistência no plano de expansão.

“A Casas Bahia (BHIA3), apesar do resultado negativo, continuou sentindo os efeitos positivos do reperfilamento da dívida anunciado no final de abril e do avanço no Plano de Transformação”, afirma relatório.

Para junho, as analistas apontam que as expectativas do setor são positivas no aguardo da aprovação do Projeto de Lei que inclui a taxação de 20% em compras internacionais de até US$ 50 – substituindo os 17% de ICMS. A medida foi aprovada pelo Senado nesta quarta-feira (5) e vai para sanção do presidente Lula. Ele pode beneficiar empresas como o Magazine Luiza.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Camila Paim

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno