Eletrobras (ELET3) confirma venda de fatia na ISA Cteep (TRPL4)

Conforme esperado pelo mercado, a Eletrobras (ELET3) confirmou a venda da sua fatia societária na ISA Cteep (TRPL4). A informação consta de fato relevante publicado pela companhia nesta terça-feira (31).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

O comunicado da Eletrobras sobre a venda da sua fatia na ISA Cteep destaca que o Conselho de Administração deu o aval para a estruturação de uma potencial oferta secundária de ações preferenciais transmissora.

A elétrica contratou os serviços do Citigroup, Itaú BBA, Safra e XP Investimentos para conduzir a operação.

A empresa detém uma participação atual de 35,74% na ISA Cteep, incluindo 9,73% das ações ordinárias e 52,48% das ações preferenciais. O fato relevante não menciona especificamente as ações ordinárias.

A Eletrobras destacou que, neste momento, está avaliando a possível oferta, considerando diversas alternativas para desinvestir de suas participações minoritárias.

Isso pode incluir a venda direta em bolsa, “block trade” e troca de ativos, entre outras opções.

A iniciativa faz parte da estratégia da Eletrobras de reduzir o número de participações minoritárias e não estratégicas, além de simplificar e otimizar seu portfólio.

A empresa já realizou uma transação análoga em meados de setembro, quando vendeu sua fatia na Copel (CPLE6) pela cifra de R$ 125 milhões de reais.

Além disso a empresa reduziu o número de Sociedades de Propósito Específico (SPEs), transformou subsidiárias em subsidiárias integrais, anunciou desinvestimentos em térmicas, reduziu sua força de trabalho e vendeu sua posição em outras empresas consideradas não estratégicas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Eletrobras mira fatia maior em outras empresas

Ao mesmo tempo, a Eletrobras está buscando se tornar majoritária em empresas que considera estratégicas, caso do Linhão de Roraima, onde firmou acordo com a Alupar (ALUP11) para assumir o controle acionário.

Após rumores sobre o desinvestimento, a Eletrobras reiterou que busca a redução de suas participações minoritárias, enfatizando que sua participação na Cteep não é material para a empresa, representando apenas cerca de 2% de seus ativos.

A ISA Cteep é a segunda maior transmissora de energia no Brasil, atuando em 18 estados e operando uma rede de 28 mil quilômetros de linhas de transmissão que transportam uma parcela significativa da energia elétrica do país.

Rui Chammas, presidente da ISA Cteep – que terá suas ações detidas pela Eletrobras vendidas em breve -, destacou que a empresa tem planos de investir aproximadamente R$ 15,6 bilhões em projetos de transmissão de energia até 2028, incluindo projetos de licitação e melhorias na infraestrutura existente.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno