Eletrobras (ELET3) deve lançar oferta para vender fatia na ISA Cteep (TRPL4) nos próximos dias, diz jornal

A Eletrobras (ELET3), seguindo seu plano estratégico de desinvestimento em ativos não essenciais, planeja anunciar esta semana uma oferta subsequente de ações (follow-on) para vender sua participação na ISA Cteep (TRPL4), segundo informações do jornal Valor Econômico.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

A Eletrobras atualmente detém 35,74% do capital total da empresa de transmissão, o que representa uma fatia considerável do quadro societário da companhia.

Para estruturar a oferta de ações, a Eletrobras contratou o Citi, Itaú BBA, Santander e Safra, conforme fontes a par do assunto.

A decisão de seguir com o desinvestimento na ISA Cteep é parte da estratégia da Eletrobras de racionalizar sua estrutura societária e concentrar recursos em ativos mais alinhados com suas operações centrais.

A expectativa é de que a oferta pública seja lançada após a divulgação do resultado do terceiro trimestre da ISA Cteep, que ocorre nesta segunda (30).

A Eletrobras busca melhorar sua eficiência operacional e tributária, bem como potencialmente direcionar recursos para novos projetos alinhados com sua estratégia de negócios ou para o pagamento de dividendos aos acionistas.

A Eletrobras já tomou medidas semelhantes em outras empresas em que detinha participações minoritárias, como parte de seu processo de reestruturação.

A empresa reduziu o número de Sociedades de Propósito Específico (SPEs), transformou subsidiárias em subsidiárias integrais, anunciou desinvestimentos em térmicas, reduziu sua força de trabalho e vendeu sua posição em empresas consideradas não estratégicas, como na Copel (CPLE6).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Eletrobras mira fatia maior em outras empresas

Ao mesmo tempo, a Eletrobras está buscando se tornar majoritária em empresas que considera estratégicas, caso do Linhão de Roraima, onde firmou acordo com a Alupar (ALUP11) para assumir o controle acionário.

Após rumores sobre o desinvestimento, a Eletrobras reiterou que busca a redução de suas participações minoritárias, enfatizando que sua participação na Cteep não é material para a empresa, representando apenas cerca de 2% de seus ativos.

A ISA Cteep é a segunda maior transmissora de energia no Brasil, atuando em 18 estados e operando uma rede de 28 mil quilômetros de linhas de transmissão que transportam uma parcela significativa da energia elétrica do país.

Rui Chammas, presidente da ISA Cteep, destacou que a empresa tem planos de investir aproximadamente R$ 15,6 bilhões em projetos de transmissão de energia até 2028, incluindo projetos de licitação e melhorias na infraestrutura existente.

Tanto a Eletrobras quanto a ISA Cteep não quiseram comentar sobre o assunto.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno