EA, desenvolvedora do FIFA, tem código roubado em ataque hacker

EA, desenvolvedora do FIFA, tem código roubado em ataque hacker
EA Mobile. Foto: Reprodução Facebook

A Electronic Arts (EA), desenvolvedora e publicadora de games como FIFA 20, teve o código-fonte usado em jogos da empresa roubado depois de ataque cibernético. A informação é da CNN Business.

O site revisou e colocou sob o escrutínio de um especialista em cibersegurança independente postagens de fóruns online, nas quais hackers alegaram ter obtido 780 gigabytes de dados da EA, incluindo o código-fonte Frostbite, utilizado para Madden, Battlefield e mais uma série de videogames.

Os cibercriminosos disseram possuir “capacidade total de exploração em todos os serviços da EA” e afirmaram ter roubado ferramentas de desenvolvimento de software para o FIFA 21, além do código do servidor para o matchmaking de jogadores no FIFA 22.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“Estamos investigando um recente incidente de invasão em nossa rede, onde uma quantidade limitada de código-fonte do jogo e ferramentas relacionadas foram roubados”, disse um porta-voz  da Electronic Arts à CNN.

“Nenhum dado do jogador foi acessado e não temos motivos para acreditar que haja qualquer risco para a privacidade do jogador. Na seguida do incidente, fizemos melhorias na segurança e não esperamos um impacto em nossos jogos ou negócios. Estamos trabalhando ativamente com os encarregados da aplicação da lei e outros especialistas como parte desta investigação criminal em andamento”, acrescentou.

Ataque à EA ocorre após incidente envolvendo a JBS

O roubo de dados daEA vem em meio a uma onde de ataques cibernéticos. Os destaques mais recentes envolveram a unidade americana do frigorífico brasileiro JBS (JBSS3) e a companhia de dutos de combustíveis Colonial Pipeline.

O ataque à EA foram inicialmente reportados pela Vice, a qual citou os fóruns vistos pela CNN. O porta-voz da desenvolvedora de games americana confirmou as informações em resposta à matéria da Vice.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se