DNA vai comprar Memed, startup de saúde, após levantar R$ 300 milhões

A DNA Capital, gestora de venture capital especializada no setor de saúde, vai comprar a Memed, startup que desenvolveu um sistema de receitas médicas digitais, logo após levantar R$ 300 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Com a compra da Memed pela gestora, investidores como a Redpoint, Monashees e Qualcomm Ventures deixarão a empresa.

O fundo, segundo a gestora, dedicará 100% dos recursos para adquirir a fatia dos atuais acionistas e realizar novos aportes na companhia. O capital será utilizado para permitir que a empresa dê continuidade à sua trajetória de inovação e crescimento, investindo em tecnologia e expandindo linhas de produtos.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O novo aporte triplicará o quadro de colaboradores nos próximos meses, segundo a DNA. Atualmente, são 50 funcionários na startup.

O cofundador da empresa já deu seu parecer sobre o assunto, demonstrando uma perspectiva positiva com a aquisição.

“Estamos muito felizes em compartilhar esta novidade, que marca o início de uma nova era para a Memed. A companhia terá capacidade de alçar voos mais altos e permitir que um número cada vez maior de médicos e pacientes tenham acesso a uma melhor experiência, tanto na prescrição como na adesão ao tratamento receitado”, afirma Ricardo Moraes.

Da mesma forma, a gestora cita que a startup seguirá operando “de maneira independente” e que, mesmo com o aporte e a redistribuição societária, os produtos e serviços serão continuados.

Contudo, com o aporte, os fundadores deixam seus cargos no dia-a-dia da companhia e migram para o recém-criado comitê executivo, com a missão de contribuir na execução da visão estratégica da Memed.

O executivo Joel Rennó Jr, mentor de startups com oito anos no setor, chega para ocupar o cargo de Diretor-executivo (CEO). Ainda recentemente, o empreendedor foi sócio, CFO & Head de M&A da OLX Brasil.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Memed foi impulsionada pela pandemia

Em 2020, a Memed teve um crescimento expansivo com a pandemia e a alta de utilização de receituários médicos. No acumulado dos últimos 12 meses. o volume de prescrições aumentou em 400% na plataforma, com mais de 2,5 milhões mensais. Mensalmente, o crescimento é de 15%.

São 120 mil médicos cadastrados, além das mais de 250 empresas e instituições de saúde.

Na prática, o sistema desenvolvido pela Memed é um software de receituário médico digital integrado com as drogarias – com a utilização de um token – e que visa sanar alguns gargalos do setor, como por exemplo, as dificuldades dos profissionais do setor de memorizar todos os medicamentos ou interações. Até então, a empresa havia captado R$ 33 milhões em quatro rodadas de investimentos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião