Petrobras (PETR4), Alupar (ALUP11) e Cemig (CMIG4) agitam o mercado nesta segunda-feira (9); veja mais destaques

A notícia de que a Petrobras (PETR4) foi condenada pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em R$ 6,5 bilhões e avalia medidas cabíveis acerca da decisão está entre os destaques desta segunda-feira (09). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Alupar (ALUP11), após concluir parceria com a WEG (WEGE3) para geração de energia em unidades produtivas. 

A Cemig (CMIG4) também é destaque hoje, depois de concluir venda de sua participação na Baguari Energia. 

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Petrobras 

A Petrobras (PETR4) confirmou que foi condenada em R$ 6,5 bilhões em julgamento da Câmara Superior do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). 

Com isso, a estatal afirma que avaliará a adoção de medidas cabíveis para defesa de seus interesses, inclusive no âmbito judicial, após perda de julgamento no Carf.

Segundo a Petrobras, a perda dessa contingência é considerada possível,  mas afirmou que a decisão do Carf não implica provisionamento nas demonstrações da companhia.

Hoje, pela manhã, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, disse que a guerra entre Israel e Hamas deve impactar o preço do petróleo. Contudo, ele afirmou que a nova estratégia comercial da companhia pode ajudar a mitigar uma evntual disparada no valor da commoditie.

Alupar 

A Alupar (ALUP11) afirmou que concluiu a formação de parceria societária que tem por objeto a geração de energia por meio da Central Geradora Eólica AW Santa Régia,  controlada pela companhia, para o consumo pelas unidades produtivas da WEG (WEGE3). 

Segundo a Alupar, o fechamento da parceria contribui para a expansão dos parques geradores, através de operações no mercado livre de energia.

Cemig 

A Cemig (CMIG4) informou que por meio de sua subsidiária Cemig GT, concluiu a alienação para Furnas Centrais Elétricas da totalidade de sua participação indireta de 34% do Consórcio Baguari, representando 69,39% do capital social da Baguari Energia. O valor da operação foi de R$393,0 milhões

A Baguari Energia detém 49% de participação no Consórcio Baguari, que explora a Usina Hidrelétrica Baguari, situada em Minas Gerais, com potência instalada de 140 MW e 81,9 MW de garantia física.

Telefônica 

A Telefônica (VIVT3) divulgou pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) no dia 18 de outubro. Na data serão distribuídos os créditos referentes aos JCP declarados no dia 15 de fevereiro, com valor bruto de R$ 106 milhões, e 15 de março, com valor bruto de R$ 290 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Dessa forma, os montantes equivalem aos valores líquidos de R$0,054 e de R$0,14 por ação, com datas de corte em 28 de fevereiro e em 31 de março, respectivamente.

Rede D’Or 

A Rede D’Or (RDOR3) anunciou o início do período de distribuição da oferta pública de distribuição de 500 mil  debêntures simples, não conversíveis em ações, todas nominativas e escriturais, em série única, da espécie quirografária da 31ª emissão.

Plano & Plano 

A construtora Plano & Plano (PLPL3) divulgou que ass vendas líquidas contratadas no terceiro trimestre de 2023 alcançaram R$ 637,8 milhões, valor 51,7% superior ao registrado no 3T22 (R$ 420,5 milhões).

Getninjas

A Getninjas (NINJ3) anunciou que a Wealth High Governance Capital  aumentou a participação na companhia, passando a deter 3.200.000 ações ordinárias, equivalentes a 6,30% do total de ações emitidas. 

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Petrobras (PETR4), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno