IRB Brasil (IRBR3), JHSF (JHSF3) e Alupar (ALUP11) movimentam mercado nesta segunda-feira; veja destaques

A informação sobre o prejuízo líquido de R$ 10,4 milhões da IRB Brasil (IRBR3) no mês de maio, queda de 96,2% na base anual, está entre os destaques do mercado financeiro desta segunda-feira (24).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a JHSF (JHSF3), que divulgou, em prévias operacionais, o resultado das vendas contratadas do segundo trimestre (2T23) e os detalhes de sua distribuição de dividendos

A Alupar (ALUP11) também é destaque hoje, depois de receber autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para que a Eólica do Agreste Potiguar I (EAP I) iniciasse a operação comercial.

Veja os destaques do mercado financeiro de hoje:

IRB

A IRB Brasil (IRBR3) teve um prejuízo líquido de R$ 10,4 milhões no mês de maio, reduzindo em 96,2% o prejuízo registrado no mesmo período do ano passado, quando registrou R$ 273,1 milhões, conforme anunciado pela empresa na última sexta-feira (21).

O resultado da IRB Brasil no acumulado de 2023 é de um lucro de R$ 4,2 milhões.

JHSF

A JHSF (JHSF3) divulgou suas prévias operacionais referente ao segundo trimestre de 2023. As vendas contratadas do 2T23 atingiram R$ 323,6 milhões, crescimento de 35,3% em comparação ao trimestre passado e queda de 22,3% na base anual.

Em relação a dividendos, a empresa aprovou o pagamento de dividendos intermediários à débito da conta de lucros retidos de exercícios anteriores, no montante de R$ 90 milhões. O pagamento será composto por três parcelas de R$ 30 milhões de reais, sem correção monetária.

Além disso, a JHSF Malls informou ao mercado que em Assembleia Geral Extraordinária foi aprovado cancelamento voluntário de registro na categoria “A” da CVM, que agora está sujeita à aprovação do órgão.

Alupar

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou que a Eólica do Agreste Potiguar I (EAP I), controlada pela Alupar (ALUP11), desse início a operação comercial do parque eólico AW São João, em Jandaíra, no Rio Grande do Norte.

O parque eólico é composto por 6 unidades geradoras de 4,2 MW, totalizando potência instalada de 25,2 MW e garantia física de 14,1 MW.

O local encontrava-se em testes desde o dia 06 de junho de 2023, fornecendo energia ao
Sistema Interligado Nacional (SIN) e sendo remunerado pelo Preço de Liquidação das Diferenças – PLD (Submercado Nordeste).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Equatorial

A Equatorial (EQTL3) divulgou que seu volume de energia distribuída aumentou 6,8% no segundo trimestre na comparação com o mesmo período de 2022, para 13.071 gigawatts-hora (GWh), segundo prévia operacional da companhia.

Raízen

A Raízen (RAIZ4) retificou o valor de R$ 0,0242106161576652 por ação a ser distribuído em dividendos. Os proventos serão propostos em assembleia-geral a ser realizada na próxima quarta-feira, 26 de julho.

A empresa propõe a declaração e distribuição do montante de R$ 250 milhões em dividendos a serem pagos em parcela única em data a ser definida pela diretoria.

MRV&Co

A MRV&Co (MRVE3) divulgou que o fundo soberano de Cingapura (GIC) atingiu 28.195.086 ações, equivalentes a 5,017% da base acionária da empresa.

Even

A incorporadora Even (EVEN3) informou que recebeu uma proposta da Puras para uma operação de troca de ações pela qual a Companhia entregará, à Puras, 14.322.649 de ações de emissão da Melnick (MELK3).

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a IRB Brasil (IRBR3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião