Grana na conta

Banco do Brasil (BBSA3), Taesa (TAEE11) e Eletrobras (ELET3) protagonizam mercado nesta segunda; veja destaques

A aprovação do Banco do Brasil (BBAS3) para novo pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) é um dos destaques desta segunda-feira (28).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-3.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Taesa (TAEE11), após suspender divulgação de capex para 2023 em função da fase final da concessão Sant’Ana Transmissora de Energia.

Eletrobras (ELET3) também é destaque hoje, depois de aprovar a sua 4ª emissão de debêntures, no valor de R$ 7 bilhões.

Veja os destaques do mercado financeiro de hoje:

Banco do Brasil 

O Banco do Brasil (BBAS3) aprovou um novo pagamento de juros sobre capital próprio (JCP) aos seus investidores, no valor de R$ 953,72 milhões, com referência ao 3º trimestre de 2023. 

Os juros sobre capital próprio do Banco do Brasil têm o valor de R$ 0,33419721437 por ação. O pagamento será realizado em 29 de setembro de 2023.

Taesa 

Em fato relevante, a Taesa (TAEE11) anunciou que,em função da fase final do empreendimento da concessão Sant’Ana Transmissora de Energia ,decidiu pela descontinuidade da divulgação de projeções do indicador Capex nominal para o ano de 2023.

Eletrobras

O conselho de administração da Eletrobras (ELET3) aprovou a sua 4ª emissão de debêntures, no valor de R$ 7 bilhões.

As debêntures da Eletrobras são do tipo simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária e contará com duas séries. A remuneração das debêntures da Eletrobras ainda será definida.

Sanepar 

A Sanepar (SAPR11) informou que aprovou a proposta a ser encaminhada às Microrregiões Centro-Litoral, Centro-Leste e Oeste do Estado do Paraná, visando a universalização dos serviços de água e esgoto com preservação da modicidade tarifária.

Copasa

A Copasa (CSMG3) informou que a BlackRock alienou ações ordinárias emitidas pela companhia e que suas participações, de forma agregada, passaram de 22.08.2023 para 18.875.697 ações ordinárias representando aproximadamente 4,963% do total de ações ordinárias de emissão.

Agora, a gestora tem 5.937.240 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias com liquidação financeira, representando aproximadamente 1,561% do total de ações ordinárias emitidas pela Copasa. 

Alupar

A Alupar (ALUP11) anunciou que sua controlada Alupar Peru foi a vencedora de um leilão de eletricidade no Peru. Com isso, a empresa entra no segmento de transmissão de energia do país.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Sequoia 

A Sequoia (SEQL3) informou que a Exploritas Administração Financeira reduziu suas participações que passaram a ser, de forma agregada, 5.609.400 ações ordinárias, correspondentes a aproximadamente 2,7% do total de ações ordinárias de emissão da companhia.

Petz (PETZ3)

As empresas de produtos de animais Petz (PETZ3) e Cobasi retomarão conversas para uma possível fusão. Segundo o Valor Econômico, a Petz contatou bancos de investimentos sobre o assunto.  

Fontes afirmam que a Petz é assessorada pelo Itaú BBA e a Cobasi está com o Morgan Stanley.

Em fato relevante divulgado na manhã desta segunda-feira, a Petz negou que tenha documento, seja preliminar, definitivo ou outro documento vinculante, celebrado com a Cobasi.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como o Banco do Brasil (BBAS3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião