AGENDA

CRGI passa a deter 10% das ações emitidas pela B3 (B3SA3)

CRGI passa a deter 10% das ações emitidas pela B3 (B3SA3)
B3 (B3SA3): a receita total da Bolsa brasileira encolheu 0,9%, para R$ 2,51 bilhões, devido à reversão de provisão no valor de R$ 188,1 milhões no terceiro trimestre de 2020.. Foto: Divulgação

A B3 (B3SA3) informou nesta sexta-feira (8) que a Capital Research Global Investors (CRGI) passou a deter 616.611.036 ações ordinárias da companhia, o que corresponde a 10,06% das ações emitidas pela B3.

A CRGI enviou um comunicado à B3 sobre as aquisições.

“A CRGI aumentou a participação que administra em ações ON da B3, passando a administrar um total de 616.611.036 de ações da companhia, que representam 10,06% dessa espécie de ação” explica o comunicado.

Ainda ontem, a Bolsa de Valores de São Paulo divulgou seus destaques operacionais. Segundo a empresa, foi registrado em setembro um volume financeiro médio diário de R$ 34,705 bilhões, que representa alta de 24% na comparação anual. Em agosto o crescimento foi de 2%.

De acordo com a B3, os maiores volumes vieram do mercado à vista de ações, com R$ 33,493 bilhões na média diária, alta anual de 22,9%, e mensal de 1,5%.

O número de investidores ativos cresceu 3,34 milhões, 29,6% a mais que setembro de 2020. Em relação a agosto, houve crescimento de 1,4%. O número de empresas listadas passou de 401 para 455 em 12 meses. O valor de mercado das empresas cresceu 24,5% na mesma base de comparação, mas recuou 5,8% em um mês, para R$ 5,183 trilhões.

No mercado de derivativos e futuros, o volume de contratos cresceu 24,6% na comparação anual, e 16,1% na mensal, para 5,398 milhões. Ainda no mercado de futuros, a receita média por contrato teve recuo de 19,7% na comparação com setembro de 2020, para R$ 1,711. Em relação a agosto, a queda foi de 14,55% no indicador.

“Boa, bonita e barata”, diz BB Investimentos sobre a B3

A recomendação do banco de investimentos é de compra, com o preço-alvo para a ação em 2022 a R$ 16,30 – valor que representa um potencial de valorização de 30%. Segundo o BB-BI, a capitalização de mercado das ações de empresas listadas na B3 mais que dobraram desde o final de 2016.

Em sua análise, o pagamento de dividendos é um ponto de destaque. De acordo com o relatório divulgado pelo BB-BI, a B3 pagou proventos acima do seu lucro líquido contábil nos últimos dois anos, indicando um dividend payout (divisão dos dividendos totais pelo lucro líquido total dentro de um determinado período) de aproximadamente 130%.

Os analistas do BB Investimentos destacam que a B3 opera isolada no mercado de bolsa de valores brasileiro. O que eles ressaltam é o aumento de  listagem de companhias brasileiras em bolsas estrangeiras, em especial na americana Nasdaq.

(Com informações da Agência Estado)

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião