Patrocinado por:

Novo Nubank? Creditas pode chegar a US$ 10 bilhões em valor de mercado com IPO, diz jornal

Novo Nubank? Creditas pode chegar a US$ 10 bilhões em valor de mercado com IPO, diz jornal
Creditas. Foto: Reprodução Facebook

A fintech Creditas está próxima de fechar uma rodada privada antes de realizar a oferta pública de ações (IPO) em bolsa americana, de acordo com o Pipeline.

O site diz que a companhia tem expectativa de um valuation de estreia de US$ 7 bilhões a US$ 10 bilhões. A maior possibilidade é que a oferta ocorra no segundo semestre.

Alguns bancos de investimentos já realizaram apresentações à fintech desde o início deste mês. “É o deal mais disputado no momento. O Nubank (NUBR33) de 2022”, disse um chefe de IB (Investment Bank) ao Pipeline. O IPO da Creditas deve ser a maior oferta de uma empresa brasileira este ano, especialmente em razão da economia desacelerada e eleições. Os bancos esperam maiores volumes em follow-ons.

Há ainda a estimativa de que o preço tenha um múltiplo EV/receita de 12x para 2023. Outro ponto a aguardar confirmação é o volume de captação, mas as fontes ouvidas pelo jornal apontam para um montante entre US$ 500 milhões e US$ 1 bilhão.

A Creditas trabalha com liberação de crédito com garantia em imóvel e carro, ou a opção de crédito consignado. Em sua base acionária, coleciona fundos como Softbank, Kaszek, QED e Amadeus. A companhia, hoje a maior fintech de crédito do país, aproveita a liquidez dos fundos por causa de um crescimento acelerado e intenso. Sua quinta rodada levantou US$ 225 milhões e foi fechada há pouco mais de um mês.

Conforme o balanço mais recente da Creditas, de outubro de 2021, a operação continua no prejuízo. Nos nove primeiros meses do ano passado, a carteira somou R$ 2,92 bilhões, com R$ 1,97 bilhão de nova originação e R$ 551,4 milhões em receita, mais que dobrando os números em todas as linhas na comparação com o mesmo período de 2020. O prejuízo líquido foi de R$ 215,8 milhões, ante perda de R$ 135,2 milhões no ano anterior.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO