WhatsApp: Novos termos de uso aumentam downloads de Telegram e Signal

Após o WhatsApp afirmar na última segunda (4) que suspenderá da plataforma quem não aceitar seus novos termos de troca de dados do aplicativo com o Facebook (NASDAQ: FB), principal aplicativo da sua controladora, o número de downloads dos concorrentes Signal e Telegram tiveram um boom.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

A Signal, segundo informações levantadas pelo Sensor Tower, teve aproximadamente 7,5 milhões de downloads na última semana na Google Play e na Apple App Store, número 43 vezes maior do que o registrado na semana anterior e novo recorde histórico.

Entre quarta e domingo, segundo a Apptopia, o Telegram foi baixado 5,6 milhões de vezes.

A procura dos usuários é por mais privacidade. A Signal, por exemplo, afirma trabalhar com mensagens de forma totalmente criptografada, o que impede pessoas que não sejam o remetente ou o destinatário de lerem qualquer conteúdo trocado.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Facebook utilizará dados do WhatsApp para vender propagandas

A partir do dia 8 de fevereiro, quem utiliza o WhatsApp deverá aceitar que seus dados serão utilizados pelo aplicativo irmão do serviço de troca de mensagens.

Registro de conta, dados de transações, formas de interação. Tudo será utilizado pela principal plataforma de Mark Zuckerberg, o Facebook, para vender anúncios mais personalizados.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

As mensagens do WhatsApp, segundo a companhia, continuarão a ser criptografadas e as mudanças não afetarão a privacidade dos usuários. Segundo o aplicativo, a troca de informações ajudará a desenvolver uma maior infraestrutura, a promover segurança e a refinar serviços.

Apesar das falas, boa parte dos usuários, como os números mostram, não acreditam nisso. O CEO da Tesla, Elon Musk, após os anúncios do WhatsApp, convidou seus 42 milhões de seguidores do Twitter a utilizarem o Signal.

Apesar do aumento dos downloads dos concorrentes, o WhatsApp, até então, não mostrou declínio em seus números segundo a Apptopia, companhia que trabalha na exploração de dados para melhorar  a visibilidade de aplicativos.

Ainda segundo a Apptopia, os números do WhatsApp devem ser pouco impactados, pois é nesse aplicativo que a maioria dos amigos e da família está.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Vitor Azevedo

Compartilhe sua opinião