Lucas Castellani

Vender mais online: o papel do marketing e das redes

Estratégias fáceis de implementar podem ajudar a aumentar as vendas de uma loja virtual, mas é preciso marketing de conteúdo.

As redes sociais são uma ferramenta muito poderosa para impulsionar as vendas de lojas online; não é à toa que vemos tantos influenciadores digitais fazendo parcerias com grandes marcas e gerando milhões de reais em receita por meio desses canais, sendo essencial explorá-los. Estratégias fáceis de implementar podem ajudar qualquer um a aumentar as vendas de uma loja virtual, ainda mais quando, em conjunto, também são aplicadas estratégias de marketing de conteúdo.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Se você é dono de uma loja online ou se interessa por esse ramo, provavelmente já deve ter ouvido esse nome. Esse é um tema que está bastante em alta ultimamente e tem tudo a ver com redes sociais. Mas afinal, o que é marketing de conteúdo? Nada mais é do que uma estratégia que envolve a criação e compartilhamento de conteúdo para atrair, envolver e reter um público específico. Esses materiais podem assumir diversas formas, incluindo artigos, vídeos, infográficos, podcasts e muito mais.

O objetivo principal dessa estratégia é oferecer informações úteis e interessantes para o público-alvo, em vez de simplesmente promover produtos ou serviços. Ou seja, não é mais só sobre vender um produto, mas sim, permitir que o cliente conheça sua marca e, posteriormente, se interesse no que a loja tem a oferecer.

Mas, por que o marketing de conteúdo é importante para uma loja online?

Primeiramente, ao criar um conteúdo interessante e bem produzido, o negócio se torna uma fonte confiável de informações em seu nicho. Isso ajuda a construir autoridade e credibilidade, o que é essencial para construir uma relação de confiança com o cliente. Além disso, o marketing de conteúdo bem planejado e otimizado para SEO pode atrair tráfego orgânico para o seu site. À medida que seu conteúdo aparece nas páginas de resultados dos sites de busca, também há um alcance de público maior que pode, potencialmente, converter-se em compradores.

Entretanto, não basta partir de bons assuntos, é necessário engajar o público. Quando as pessoas comentam, compartilham e salvam suas produções, há um aumento de relevância pelas plataformas, ou seja, a tendência é que o algoritmo recomende seu vídeo para mais pessoas, gerando um efeito de bola de neve.

Manter um blog ou outras formas de conteúdo contínuo também permite a manutenção de um relacionamento constante com seus clientes. É possível compartilhar atualizações, notícias do setor e manter os usuários informados sobre novos produtos e promoções. Isso ajuda a construir a lealdade do cliente a longo prazo. O marketing de conteúdo é uma maneira eficaz de gerar leads, por exemplo, você pode oferecer algo de valor em troca das informações de contato dos visitantes, como um ebook gratuito ou um cupom de desconto. Assim, é possível construir uma lista de interessados que pode ser usada para campanhas futuras de marketing.

Ainda assim, para que essa lógica funcione, é necessário usar as redes sociais como aliadas. Porém, antes de mergulhar de cabeça nelas, é fundamental conhecer seu público. Quem é a persona do seu negócio? Quem são seus clientes em potencial? Quais são seus interesses, necessidades e desejos? Essas informações são cruciais para criar conteúdo relevante e estratégias de marketing direcionadas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

A qualidade do conteúdo é a chave para o sucesso nas redes, assim como a forma que você apresenta esse conteúdo. Uma ótima aposta é investir em conteúdos no formato de vídeos curtos, mas nem todos os canais são iguais, cada um tende a atrair um público diferente. Para determinar quais plataformas usar, é necessário ter em consideração o seu público-alvo. O Instagram é excelente para o público geral, enquanto o LinkedIn é ideal para negócios B2B, por outro lado, o TikTok é mais popular entre jovens. É importante ser seletivo e escolher as plataformas que se alinham com o seu público.

Nessa lógica, entram outros jogadores. Os influenciadores digitais, por exemplo, têm um grande papel nas decisões de compra de seus seguidores. Parcerias com influenciadores relevantes podem trazer excelentes resultados. No entanto, é preciso cuidado ao selecionar quem representará sua marca. Também não basta se limitar a publicar conteúdo. Responda aos comentários, mensagens diretas e interaja com seus seguidores. Isso cria um relacionamento mais próximo com seus seguidores, uma comunidade – um dos bens mais valiosos que uma marca pode ter.

A grande verdade é que as redes sociais não entregam necessariamente resultados rápidos, salvo casos em que há viralização de posts ou vídeos. Para a grande maioria dos lojistas, esse será um projeto de longo prazo, por isso, a consistência é essencial. Crie um calendário de postagens e siga-o religiosamente. Mantenha seu público envolvido e interessado em sua marca.

Ainda assim, seja utilizando estratégias diretas nas redes sociais ou através do marketing de conteúdo (ou até mesmo uma combinação dos dois), é extremamente importante que sua empresa esteja presente nas redes sociais. Isso vai fortalecer sua marca, ajudar na sua divulgação e criar um relacionamento mais próximo entre seu público e seu negócio.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Lucas Castellani

Compartilhe sua opinião