Bianca Pereira

Desenvolver o time: uma saudável via de mão dupla

Por mais que cada colaborador deva ser o protagonista de sua jornada, a liderança tem um papel fundamental nesse processo, atuando como guia e coach de sua equipe

De acordo com uma pesquisa recente da Deloitte, 73% dos profissionais acreditam que seu desenvolvimento é de responsabilidade da empresa. Para além de analisar esse dado de forma unilateral, colocando todo o peso da evolução da equipe nos ombros dos gestores, é importante que as organizações entendam que, no mundo corporativo atual, investir continuamente para aprimorar seus talentos e dar total apoio ao time é condição essencial para crescerem financeiramente e de forma saudável.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2022/03/Ebook-Investindo-para-a-Aposentadoria-1.jpg

Por mais que cada colaborador deva ser o protagonista de sua jornada, a liderança tem um papel fundamental nesse processo, atuando como guia e coach de sua equipe. Principalmente entre os talentos mais jovens, ter a expectativa e sentir o apoio de seus líderes na construção de suas jornadas profissionais é, em muitos casos, mais importante até do que a própria remuneração, aparecendo como fator determinante na hora de aceitar ou manter-se no emprego.

Dentro dessa realidade, apostar no desenvolvimento da equipe significa, antes de mais nada, criar uma cultura organizacional que não só sustenta a parceria entre a empresa e cada pessoa que nela atua, como também inspire todos os níveis a fazer o mesmo. E a melhor forma de fazer isso é priorizar o bom e velho trabalho em equipe.

O trabalho em equipe envolve o compartilhamento de ideias, a divisão de responsabilidades e a tomada de decisões conjuntas, visando otimizar a eficiência e a eficácia do grupo e, ao mesmo tempo, valorizando as competências individuais de cada integrante. Para tanto, cabe ao gestor criar um ambiente motivacional – algo essencial para o sucesso do trabalho em equipe -, encorajando os membros do time a dar sempre o seu melhor.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Investindo-no-exterior.png

Estabelecer metas claras e objetivos compartilhados, além de incentivar a comunicação aberta e o feedback, sustentando um ambiente pautado na confiança entre todos e na flexibilidade – ou seja, na capacidade de cada um de se adaptar às mudanças e aos desafios – também são diretrizes importantes para se criar uma cultura organizacional pautada na parceria.

Com um time coeso e bem desenvolvido profissionalmente, o empenho individual aparece, o grupo entrega mais e, no fim, todos repartem os ganhos. Trata-se, portanto, de uma via de mão dupla, e as empresas que não entenderem isso certamente perderão espaço em um mercado global cada vez mais acirrado pela concorrência.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Nota

Os textos e opiniões publicados na área de colunistas são de responsabilidade do autor e não representam, necessariamente, a visão do Suno Notícias ou do Grupo Suno.

Bianca Pereira

Compartilhe sua opinião