Resultados do 2T22

Burger King (BKBR3): Acionistas questionam aumento de participação da Vinci com acordo da Domino’s

Burger King (BKBR3): Acionistas questionam aumento de participação da Vinci com acordo da Domino’s
Burger King. Foto: Reprodução facebook

Os acionistas minoritários questionam o acordo firmado entre o Burger King (BKBR3) e a Vinci Partners para assumir a operação da rede de pizzaria Domino’s no Brasil. O principal questionamento dos sócios é a diluição dos investidores com o aumento de participação da Vinci no BK. As informações foram divulgadas pelo jornal Valor Econômico.

Com a operação, a posição da Vinci passa no Burger King passa de 6,4% para 21,9% e automaticamente os acionistas são diluídos. O plano será votado em assembleia geral extraordinária (AGE) com expectativa de convocação em outubro.

Segundo o jornal, se o plano for aprovado, a posição dos acionistas irá mudar da seguinte forma:

  • Atmos Capital passa de 9,54% para 8%;
  • Burger King do Brasil de 9,4% para 7,9%
  • Morgan Stanley de 5,85% para 4,9%.

Para que o plano seja aprovado é necessário o apoio de mais de 50% dos presentes e a Vinci não deve votar na AGE.

Burger King assume a rede de pizzaria Domino’s e ultrapassa McDonald’s

O Burger King fechou um acordo de combinação de negócios com a Vinci Partners e assume agora a operação da rede de pizzaria Domino’s no Brasil. Com essa operação, o BK ultrapassa a rede McDonald’s em número de lojas no País.

A maior rede de pizzarias dos Estados Unidos foi vendida à Vinci Partners em 2018, pelo Grupo Trigo, dono da marca Spoleto, por R$ 250 milhões. Agora, a Vinci – que já detinha 6% do capital do Burger King – receberá 16,4% das ações ordinárias, o equivalente a R$ 621,4 milhões. Portanto, a gestora detém agora mais de 20% dos papéis da rede de fast food.

Antes da concluir a incorporação, a Vinci irá fazer um aumento de capital na Domino’s na ordem de R$206,8 milhões. Com isso, o Burger King irá receber uma empresa com um caixa líquido. A gestora também vai indicar dois membros para o conselho de administração, um deles será Carlos Eduardo Martin, sócio da gestora que estava à frente da rede de pizzaria.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO