BRF (BRFS3) anuncia construção de parque de geração de energia solar no Ceará

BRF (BRFS3) anuncia construção de parque de geração de energia solar no Ceará
A BRF (BRFS3) divulgou nesta quinta que irá construir um parque para auto geração de energia solar no Ceará junto com a Intrepid. Foto: Pixabay

A BRF (BRFS3) anunciou nesta quinta (16) que irá construir um parque para autogeração de energia solar em Mauriti e Milagres, no Ceará, em projeto coordenado pela holding detida conjuntamente com a Intrepid. O contrato para compra e venda de energia elétrica assinado pelas duas companhias tem prazo de 15 anos. O parque terá capacidade instalada de 320 Mwp (megawatt pico) e geração média de 80MWm.

O investimento estimado é de aproximadamente R$ 1,1 bilhão, R$ 3,7 milhões/MWp instalado. Do total, a BRF investirá cerca de R$ 50 milhões, a ser desembolsado no curso do projeto. O início das operações do parque está previsto para 2024.

A empresa destaca que em conjunto com a parceria firmada com AES para construção de um parque de energia eólica, divulgada em agosto e, com o atual portfólio de energia limpa, atingirá 88% de energia elétrica proveniente de fontes limpas e renováveis no Brasil.

“Esse movimento concretiza mais um importante passo em direção à Visão 2030 e no compromisso de se tornar Net Zero em emissões de gases de efeito estufa (GEE) até 2040, tanto em suas operações como em sua cadeia produtiva”, diz a BRF em comunicado divulgado há pouco.

Com isso, complementa que continuará a prospectar oportunidades para investir em fontes alternativas de energia limpa, em conexão com suas metas de longo prazo em sustentabilidade.

BRF visa mercado de rações como direção à Visão 2030

No mês passado, a BRF anunciou anunciou seus planos de ampliação no Rio Grande do Sul, visando a modernização de sua operação no estado. As melhorias são destinadas para as unidades de Marau, Serafina Corrêa e Lajeado. A empresa reforça ainda, com a compra do grupo Hercosul, sua determinação para concretizar o plano Visão 2030, no qual a BRF pretende triplicar o faturamento até 2030.

A empresa, que já é forte no mercado alimentício com as marcas Perdigão e Sadia, demonstra forte intenção em se tornar dominante no mercado de rações com a aquisição da Hercosul, grupo de produção e distribuição de rações para animais, desejando tornar a BRF Pet um dos maiores maiores players do mercado.

(Com informações da Agência Estado)

Bruno Galvão

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!