Bradesco (BBDC4) abrirá linha de crédito de R$ 75 bilhões para pequenas e médias empresas

Bradesco (BBDC4) abrirá linha de crédito de R$ 75 bilhões para pequenas e médias empresas
Bradesco - Foto: Reprodução

O banco Bradesco (BBDC4) abrirá uma linha de crédito pré-aprovado de um montante de R$ 75 bilhões direcionada às pequenas e médias empresas (ou PMEs).

As taxas dessa linha de crédito do Bradesco devem iniciar na faixa de 0,90% ao mês. De acordo com o banco, a modalidade deve atender cerca de 1 milhão de clientes com faturamento de R$ 30 milhões por ano.

Os empréstimos, segundo a instituição financeira, ajudarão a reforçar as concessões em um período de demanda acentuada.

No final do ano, cresce a demanda das pequenas e médias empresas por capital de giro, em um cenário de maior movimentação no comércio e antecipação do 13º salário, por exemplo.

Neste ano, a reabertura da economia com o arrefecimento da covid-19 incrementa ainda mais essa necessidade de recursos.

O presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Junior, afirma que o banco busca atender a essa demanda no primeiro Natal após o começo da vacinação contra a covid. Ele lembra ainda que o segmento tem importante participação na geração de empregos no País.

“Nosso DNA é o crédito e estamos atentos às oportunidades de mercado”, afirmou Lazari.

Bradesco vê oportunidade com crescimento de 35% das MPEs no crédito

Segundo ele, o Bradesco tem tecnologia intensiva para fazer a gestão dos riscos e dar agilidade aos negócios. “Somos um banco alinhado a todos os ciclos dos clientes, desde os construtivos até os mais desafiadores.”

As pequenas e médias empresas são parte importante da expansão da carteira do Bradesco, com crescimento de 35,3% nos últimos 12 meses, de acordo com o banco, o maior entre os segmentos. Essa expansão ficou acima da registrada pelo restante da carteira, de 16,4%.

O banco dará acesso à linha de crédito pré-aprovado através de suas agências físicas de varejo, além dos canais digitais, o que inclui o mobile, que já responde por mais da metade da produção da carteira do Bradesco.

Com informações do Estadão Conteúdo

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!