Bolsas asiáticas e europeias sobem nesta terça; Ibovespa seguirá mercado internacional?

As bolsas asiáticas fecharam o dia em alta nesta terça-feira (22). No caso das chinesas, os índices se recuperaram após reagirem mal na véspera à decisão de política monetária do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), enquanto Tóquio esteve apoiada por ganhos de ações do setor bancário.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Esse cenário pode influenciar nas negociações do Ibovespa hoje, que fechou a sessão de segunda-feira (21) em queda de 0,85%, após ter interrompido na sexta-feira (18) uma série histórica de 13 perdas consecutivas, a mais longa desde 1968.

Em Xangai, a bolsa local fechou no azul, em alta de 0,88%, a 3.120,33 pontos, enquanto a de Shenzhen, de menor abrangência, subiu 0,47%, a 2.029,30 pontos.

O mercado se recuperou após reagir mal na véspera à decisão de juros do PBoC, já que esperava uma postura mais agressiva do BC para apoiar a economia.

Ações de telecomunicações e fabricantes de software se saíram bem nesta terça-feira, com China Mobile em alta de 3,2% e China Telecom, de 5,5%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Desempenho das demais bolsas asiáticas

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei registrou ganho de 0,92%, para 31.856,71 pontos. As ações de bancos estiveram apoiadas, em quadro de avanço nos bônus de longo prazo do governo do Japão, com o retorno do bônus de 10 anos do país atingindo máxima desde janeiro de 2014. Havia ainda expectativa pelo Simpósio de Jackson Hole, que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) realiza nesta semana.

Em Dalian, o minério de ferro saltou 4,47%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,95%, a 17.791,01 pontos, com recuperação após perdas recentes, com ações de varejistas e do setor de tecnologia em destaque. Zhongsheng Group Holdings subiu 5,9% e Alibaba Health Information Technology, 2,8%.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou avanço de 0,28% em Seul, a 2.515,74 pontos. O avanço de ações do setor de tecnologia em Nova York ajudou, com papéis locais ligadas a baterias e à internet exibindo ganhos.

Em Taiwan, o índice Taiex fechou em alta de 0,34%, em 16.437,61 pontos.

Na Oceania, em Sydney o índice S&P/ASX 200 subiu 0,09%, a 7.121,60 pontos. Ações de tecnologia, do setor imobiliário e do financeiro exibiram altas, para compensar a fraqueza vista em parte do mercado local. Megaport subiu 17%, após reduzir seu prejuízo anual em 80% em seu mais recente balanço. Fornecedora de software, Altium subiu 26%, para fechamento recorde, após divulgar estimativa mais forte que a prevista para o ano fiscal de 2024.

Bolsas europeias e americanas também sobem

Em dia de agenda mais vazia, as bolsas europeias seguem o rali de tecnologia na Ásia e exibem ganhos robustos. As mineradoras avançam em Londres, com apoio do minério de ferro. Rio Tinto e Anglo American sobem 2,19% e 2,74%, respectivamente, enquanto BHP tem ganho limitado (alta de 0,32%) pela queda anual no lucro do segundo trimestre.

A petroleira BP também exibia alta modesta de 0,23%, com o petróleo levemente em baixa nesta manhã.

Já em Nova York, os futuros dos principais índices estão em território positivo. Os rendimentos dos Treasuries recuam moderadamente, depois de renovar máximas em 16 anos na véspera. Investidores estarão atentos a falas de três dirigentes do Fed ao longo do dia, na expectativa de Jerome Powell em Jackson Hole, na sexta (25). Confira os índices perto das 7h:

  • Londres (FTSE100): +0,64%
  • Frankfurt (DAX): +1,03%
  • Paris (CAC 40): +1,23%
  • Madrid (Ibex 35): +1,10%
  • Europa (Stoxx 600): +1,11%

A agenda de indicadores ganha fôlego hoje à noite, na Ásia, quando o Japão dá largada na rodada preliminar global de PMIs de indústria e serviços de agosto, o que pode ter impacto nas bolsas asiáticas nessa quarta-feira (23).

Com informações de Dow Jones Newswires e Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno