Black Friday de 2023 é a segunda pior da história, diz jornal

Segundo apuração do jornal Valor Econômico, a Black Friday de 2023 foi um fracasso. As vendas online representaram quedas expressivas, mostrando o segundo pior desemprenho da história.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Entre quinta-feira (23) até às 23h59 desta sexta-feira, o comércio eletrônico registrou aproximadamente R$ 3,4 bilhões em vendas. Esse valor representa um recuo de 15,1% sobre 2022, ano em que a receita já havia sido pior que o ano anterior. Esses dados foram divulgados pela Confi.Neotrust.

A Black Friday se tornou um importante evento do comércio brasileiro há 13 anos. O pior desempenho das vendas do período foi em 2022, quando a queda representou entre 23% a 34% no segmento online. O desempenho das vendas das lojas físicas não entraram na conta.

Ainda segundo o jornal, as promoções têm sido limitadas, com um menor número de produtos na Black Friday. Essa é uma forma de o varejo proteger rentabilidade e reduzir custo de capital, após a alta da taxa Selic que encarece estoques parados. A taxa básica de juros está em 12,25%.

O gasto médio por compra nesta Black Friday atingiu R$ 675,36, com uma estabilidade sobre 2022 ( 0,1% menor do que em 2022).

Os possíveis “vilões” do desempenho ruim da Black Friday deste ano é o aumento no endividamento das famílias, além de descontos abaixo do esperado pelos consumidores.

Black Friday do Mercado Livre (MELI34) e Magazine Luiza (MGLU3) foram positivos

Se a Black foi ruim em 2023, para o Mercado Livre (MELI34) e Magalu (MGLU3) foi diferente.

O Mercado Livre anunciou nesta última sexta-feira (24) que teve um crescimento anual de 80% nas vendas brutas (GMV) durante a Black Friday deste ano, marcando um recorde para a empresa.

De acordo com a companhia, esses números, que são parciais, refletem um avanço de 39% em relação ao mesmo período de 2022, ao considerar o desempenho global de novembro até o momento.

Para a Magalu, a Black Friday foi a mais rentável da empresa, disse o vice-presidente de negócios do empresa, Eduardo Galanternick. Uma das estratégias utilizadas pela empresa foram as lives pelo Youtube, com influencers e celebridades, trazendo dois milhões de participantes.

Até o momento, a Magalu não divulgou os resultados da Black Friday de 2023.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Gustavo Bianch

Compartilhe sua opinião