BB Seguridade (BBSE3): Diretor-Presidente renuncia ao cargo

BB Seguridade (BBSE3): Diretor-Presidente renuncia ao cargo
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

A BB Seguridade (BBSE3) anunciou nesta terça-feira (29) que Marcio Hamilton Ferreira apresentou pedido de renúncia aos cargos de Diretor-Presidente e de membro do conselho de administração da companhia.

A BB Seguridade explica que o pedido de renúncia de Ferreira tem efeitos a partir do dia 1 de julho desse ano, e o executivo irá exercer novas funções no conglomerado Banco do Brasil (BBAS3).

Para substituir Ferreira, o acionista controlador indicou Ullisses Christian Assis, atual Diretor Comercial e de Marketing da Brasilprev, para completar os mandatos de 2021-2023. A indicação será submetida ao Comitê de Elegibilidade da companhia.

Assis tem 42 anos e é graduado em Ciências da Computação e possui MBA em Gestão Estratégica pela Universidade Federal de Mato Grosso. O executivo é funcionário de carreira do Banco do Brasil há 21 anos, e ocupou diversas posições de liderança na Rede de Distribuição.

“Como membro da Diretoria Executiva do BB, exerceu o cargo de Gerente Geral da Unidade Estratégica de Negócios Pessoa Física, MPE e Agro. Atuou também como Superintendente Estadual de Santa Catarina e Gerente Executivo na Diretoria de Distribuição DF, entre outros”, destaca o fato relevante arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Veja também:

BB Seguridade aprova reforço de capital na Brasilprev

O conselho de administração do BB Seguridade aprovou, na última terça-feira (22), um reforço de capital de até R$ 600 milhões na Brasilprev.

Assim, levando em consideração a manutenção da participação acionária de 74,995%, caberá à BB Seguros subscrever e integralizar um valor de até R$ 449,97 milhões do aumento. Vale destacar que a BB seguros é subsidiária integral da BB Seguridade e detém o investimento direto na Brasilprev.

A BB Seguridade explica que “embora os modelos de projeção da Brasilprev não prevejam uma insuficiência de capital, por prudência, os sócios BB Seguros e Principal Financial Group optaram pelo reforço, em complemento aos recursos captados pela debênture subordinada, conforme comunicado divulgado ao mercado em 15.06.2021, em virtude da volatilidade do cenário macroeconômico e do aumento do IGP-M, que acumula alta de 14,4% no ano”.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se