Banco do Brasil (BBAS3), Vale (VALE3) e Cielo (CIEL3) agitam o mercado nesta quinta-feira; veja mais destaques

A informação de que o Banco do Brasil (BBAS3) atualizou os valores de seus dividendos está entre os destaques desta quinta-feira (22). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Também está entre os destaques do mercado financeiro a Vale (VALE3), após assinar acordo com a Anglo American.

A Cielo (CIEL3) também está no radar dos investidores hoje, depois dos acionistas pedirem uma nova avaliação sobre o valor da ação na OPA.

Veja os destaques do mercado financeiro hoje:

Banco do Brasil

O Banco do Brasil (BBAS3) informou que o valor dos dividendos passou de R$ 0,22081862607 para R$ 0,22417639569 por ação, enquanto o valor dos juros sobre capital próprio (JCP) saiu de R$ 0,61363625622 para R$ 0,62296721353.

O pagamento dos proventos será efetuado no dia 29 de fevereiro.

Vale

A Vale (VALE3) assinou um acordo com a Anglo American para adquirir 15% de participação acionária e estabelecer uma parceria abrangendo a Anglo American Minério de Ferro Brasil S.A, empresa que atualmente detêm o complexo Minas-Rio, e os recursos da Vale da Serra da Serpentina, no Brasil.

Segundo a Vale, a Anglo American continuará a controlar, gerenciar e operar Minas-Rio, incluindo qualquer futura expansão.

Cielo 

A Cielo (CIEL3) informa que recebeu pedidos formulados por acionistas titulares, em conjunto, de mais de 10% das ações em circulação, para convocação de assembleia especial a fim deliberar sobre a realização de nova avaliação para determinação do valor das ações ordinárias de emissão da companhia, no âmbito da oferta pública unificada, anunciada pelos seus controladores, visando à conversão de registro de companhia aberta da categoria “A” para “B” e à saída do Novo Mercado

Serena Energia 

A Serena Energia (SRNA3) registrou lucro líquido de R$ 145 milhões no quarto trimestre de 2023 (4T23), em alta de 6% em relação ao lucro líquido de R$ 137 milhões do quarto trimestre de 2022 (4T22). 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

Dasa

A B3 concedeu à Dasa (DASA3) uma autorização para prorrogação do prazo para cumprimento do percentual mínimo de ações em circulação (free float), previamente concedido em 13 de julho de 2022.

Com isso, a  companhia deve manter, em livre circulação, no mínimo, ações representativas de 19,310% de seu capital social até a recomposição do free float, que deve ocorrer com data-limite em 19 de fevereiro de 2025.

Assaí 

O Assaí (ASAI3) apresentou lucro líquido de R$ 297 milhões no quarto trimestre de 2023. O resultado foi 26,8% menor na comparação com o mesmo período de 2022. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, porém, houve alta de 60%.

GPA

O GPA (PCAR3), empresa que controla o Pão de Açúcar, apresentou um prejuízo líquido de R$ 303 milhões no quarto trimestre de 2023. 

Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, ou seja, quarto trimestre de 2022, o resultado do GPA mostra uma redução de 72,5% no prejuízo líquido, visto que as perdas da empresa um ano antes foram de R$ 1,102 bilhão.

Os destaques do mercado financeiro do Suno Notícias mostram os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia, como a Banco do Brasil (BBAS3), que deve estar no foco dos investidores ao longo do dia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião