B3 (B3SA3) publica lucro líquido de R$ 1,137 bilhão no 3T20

B3 (B3SA3) publica lucro líquido de R$ 1,137 bilhão no 3T20
Por que novembro foi o melhor mês da história para as Bolsas de Valores

A B3 (B3SA3) divulgou nesta quinta-feira (12) os dados dos terceiro trimestre deste ano. A Bolsa registrou um lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 1,137 bilhão no período, um aumento de 58,0% ante aos R$ 719.8 milhões apurados no mesmo intervalo do ano passado.

A B3 informou que sua receita líquida entre os meses de julho e setembro deste ano anotou um crescimento de 9,6%, atingindo R$ 2,288 bilhões na base anualizada de comparação. A receita total chegou a R$ 2,535 bilhões, uma alta de 48,6% impulsionada pelo crescimento das receitas de todos segmentos, exceto Infraestrutura para financiamento

A companhia informou que o volume financeiro médio diário (ADTV) de ações teve um salto de 67,7% na comparação anual para R$ 28,76 bilhões no terceiro trimestre de 2020.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Enquanto isso, o giro de opções subiu 99% para R$ 606,1 milhões por dia, enquanto os futuros, incluindo os minicontratos, avançaram 70% para R$ 2,66 bilhões.

O número de investidores totalizou 2,98 milhões no final de setembro, um salto de 121% frente aos 1,35 milhão do fim do terceiro trimestre de 2019.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Guidance da B3

O bom desempenho do mercado financeiro e o crescimento das operações levou otimismo à diretoria da B3 que cortou o guidance de endividamento da companhia para 2020. Agora, a B3 prevê fechar o ano com alavancagem, medida pela relação dívida bruta por Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 1,2 vezes frente aos 1,5 vezes anteriores. No fechamento do terceiro trimestre, o indicador já está em 1,2 vezes.

A B3 manteve ainda as projeções de despesas ajustadas para a faixa de R$ 1,125 bilhão a R$ 1,175 bilhão; depreciação e amortização entre R$ 1,03 bilhão e R$ 1,08 bilhão; despesas atreladas ao faturamento de R$ 170 milhões a R$ 200 milhões; e investimentos R$ 395 milhões a R$ 425 milhões.

Última cotação

As ações da B3 encerraram o pregão desta quinta-feira em baixa de 2,92%, a R$ 53,78. O Ibovespa, índice de referência da Bolsa de Valores de São Paulo, caiu 2,2% nesta sessão.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião