Ambev (ABEV3): Sucesso premium não inibe relevância dos rótulos Brahma e Skol, garante diretor

A Ambev (ABEV3) vem revertendo o foco de suas vendas e produção para as linhas de cervejas premium, como Spaten, Original e Corona. Esta última inclusive bateu seu recorde de vendas no último trimestre: em seis dias de Carnaval, a quantidade de Corona vendida foi equivalente a dois meses de 2023.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/06/Lead-Magnet-1420x240-3.png

Contudo, a evolução do portfólio premium só é possível graças às marcas “raiz” de cervejas da Ambev.

“Temos marcas centenárias, que estão presentes na vida dos brasileiros há décadas, que são pioneiras e sinônimos de cerveja no país”, conta o Global Brands Director da Ambev, Felipe Cerchiari, em entrevista exclusiva ao Suno Notícias.

Skol, Brahma: Marcas core da Ambev

Segundo o diretor, a soma da tradição cervejeira, conhecimento técnico, cadeia logística única e um conhecimento profundo dos “Brasis” resulta na evolução de oferta das bebidas.

Enquanto o foco na linha premium vem se intensificando nos últimos cinco anos, Cerchiari afirma que os rótulos core (Brahma, Skol, Antarctica) se mantêm resilientes e extremamente relevantes para a companhia.

“Brahma, por exemplo, é a cerveja mais consumida do país. Essas marcas têm uma ligação histórica com os brasileiros”, conta o diretor da Ambev.

Além disso, o diretor aponta que o crescimento na receita e na produção (por hectolitros) vem acelerando devido à “estratégia baseada em um mix positivo de marcas.” Conforme a marca percebeu ao longo dos anos, os consumidores variam no consumo de cervejas de mais curadoria e outras tradicionais e isso permite que a empresa continue investindo nos dois segmentos.

Os dados do primeiro trimestre da companhia divulgados no início deste mês evidenciam uma receita líquida 4,5% maior, descontada ainda pelo aumento da base tributável do ICMS em diversos Estados.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop.jpg

Novas apostas da ABEV3

A Ambev ainda avalia o lançamento de produtos, de olho novas tendências de consumo.

“Estamos acompanhando consumidores cada vez mais atentos a uma vida equilibrada, para os quais já ofertamos versões sem álcool, com menos calorias e/ou com atributos funcionais, como Michelob Ultra, Stella Pure Gold e Corona Cero,” complementa Cerchiari.

Nesta segunda-feira (20), as ações ABEV3 caíram 2,26% na bolsa de valores, cotada a R$ 12,10. No ano, a Ambev acumula uma queda de 11,67%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Camila Paim

Compartilhe sua opinião