Patrocinado por:

Aliansce Sonae (ALSO3): lucro líquido recua 59,7% no 1T21

Aliansce Sonae (ALSO3): lucro líquido recua 59,7% no 1T21
Aliansce Sonae (Foto: Reprodução)

A Aliansce Sonae Shopping Centers (ALSO3) divulgou nesta quarta-feira (12) seus resultados no quarto trimestre desse ano. A empresa anotou um lucro líquido de R$ 41,877 milhões no período, uma queda de 59,7% na comparação ano a ano.

A receita líquida da Aliansce Sonae somou R$ 191,257 milhões entre janeiro e março desse ano, contra R$ 220,363 milhões apurados no primeiro trimestre de 2020.

Em seu balanço, a companhia explica que “durante o 1T21, o Brasil enfrentou um novo agravamento da crise de Covid-19 e, consequentemente, o portfólio Aliansce Sonae passou por uma nova onda de fechamentos e restrições operacionais. Com isso, os shoppings funcionaram, em média, por 74% do horário regular, impactando o movimento de retomada que foi observado nos dois últimos trimestres de 2020”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, no primeiro trimestre desse ano, o NOI da companhia foi de R$ 141,568 milhões, uma queda de 24% na base anual, “refletindo os impactos comentados anteriormente sobre a receita e a manutenção da disciplina da companhia em controlar custos”.

Por sua vez, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado  da empresa foi de R$ 115,582 milhões, um recuo de 24,6% em comparação com o primeiro trimestre do ano passado, “principalmente, devido ao resultado operacional que foi afetado pela nova onda de fechamentos e restrições de funcionamento nos shoppings”.

As vendas totais do primeiro trimestre do ano alcançaram o patamar de 71,3% do primeiro trimestre de 2020, ao passo que entre janeiro e março os shoppings funcionaram em média por 74% do horário regular, com restrições tanto ao fluxo de visitantes, quanto ao funcionamento das operações de alimentação e entretenimento. “Os shoppings do estado de São Paulo e da cidade de Belo Horizonte foram os mais afetados e permaneceram fechados por praticamente todo o mês de março”, destaca o documento.

Ao final de março a companhia registrou 95,2% da taxa de ocupação.

Última cotação da Aliansce Sonae

A ação da Aliansce Sonae (ALSO3) encerrou o pregão de hoje em queda de 5,58%, valendo R$ 26,92, antes da divulgação dos resultados.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião